Brasileiros representam 25,6% dos imigrantes residentes em Portugal

Relatório do SEF é divulgado anualmente e dados são de 2019 (Foto: Divulgação)

Da redação, em Lisboa

O número de brasileiros vivendo em Portugal aumentou novamente e atingiu o percentual mais elevado desde 2012. Segundo o Relatório de Imigração, Fronteiras e Asilo (RIFA) de 2019, divulgado nesta terça-feira (23/06) pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), são 151.304 brasileiros residentes no país.

Em 2019, foram emitidos 48.976 novos títulos de residência para imigrantes brasileiros, um aumento de 20 mil em relação a 2018. Assim, mais de um terço das novas autorizações de residência concedidas pelo SEF são para brasileiros. Os dados não incluem aqueles que vivem de maneira ilegal ou que ainda não conseguiram o título de residência.

Número total de imigrantes vivendo em Portugal, segundo o Relatório de Imigração, Fronteiras e Asilo (RIFA)

O número de imigrantes residentes cresceu pelo quarto ano consecutivo e é o maior de 1976. São 590.348 pessoas de outras nacionalidades que escolheram Portugal para viver. O país tem pouco mais de 10 milhões de habitantes, assim, os estrangeiros representam cerca de 5% da população.

Nacionalidades dos imigrantes que vivem em Portugal, segundo o Relatório de Imigração, Fronteiras e Asilo (RIFA)

Em 2015, o número de estrangeiros residentes era de 388 mil. Depois dos brasileiros, que são a maior comunidade estrangeira em Portugal, vem Cabo Verde (37 mil), Reino Unido (34 mil), Romênia (31 mil), Ucrânia (29 mil), China, (27 mil), Itália (25 mil), França (23 mil), Angola (22 mil) e Guiné Bissau (18 mil).

O Reino Unido subiu duas posições no ranking, um dado que pode ser explicado como efeito do Brexit, segundo o relatório. O SEF diz ainda que o aumento do número de cidadãos de outras nacionalidades vivendo em Portugal pode ser explicado pela “conjuntura econômica favorável”, em especial pelo crescimento do emprego, nos últimos anos.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.