Imigração: longa espera marca 1º dia de agendamento por telefone em Dublin

Longas esperas, inúmeras tentativas e, para quem não conseguiu, frustração. Essa foi a realidade enfrentada por centenas de imigrantes que tentaram, nesta segunda-feira (10), agendar a primeira Permissão de Residência pelo novo sistema do Departamento de Justiça da Irlanda. A partir de hoje, o agendamento passou a ser realizado exclusivamente por via telefônica, embora o governo do país prometa lançar, em breve, um novo sistema online para as marcações.

O número disponibilizado para a realização de ligações gratuitas é 1800 741 741. O novo sistema, no entanto, foi alvo de críticas, nas redes sociais, por diversos brasileiros que não conseguiram atendimento no primeiro dia. Em algumas imagens publicadas online, aparecem inúmeras tentativas de contato com o Departamento pelo novo método, mas todas assinaladas como “Ligação Cancelada”, o que significa que as chamadas não foram completadas. A reportagem do Agora Europa também tentou entrar em contato com o número disponibilizado pela Imigração irlandesa, mas não obteve sucesso.

A brasiliense Vania Vital conseguiu realizar a marcação após 155 tentativas, que exigiram seis horas de dedicação da intercambista. De acordo com a brasileira, as ligações não eram completadas. “Duas vezes caiu na mensagem eletrônica e desligou automaticamente. Mas na terceira, fiquei esperando mais de 40 minutos na ligação e finalmente atenderam”, relata a assistente de chefe de cozinha. Vania conseguiu marcar um horário para o dia 25 de janeiro. A brasileira, que está na Irlanda desde o dia 5 de janeiro, tentava realizar o agendamento pelo site desde setembro.

Vania realizou 155 ligações, em um período de seis horas, até conseguir atendimento. Foto: arquivo pessoal

Uma das preocupações de quem precisa utilizar o serviço está no fato de precisar se comunicar em inglês no momento em que a ligação é atendida. Vania explicou que essa foi a única opção de idioma oferecida para quem consegue falar com um atendente. “A sorte é que vim com o inglês pré intermediário. Pra quem fala zero de inglês é impossível marcar sozinho”, destaca a brasileira.

Já a gaúcha Valdirene Dietrich, natural de Bento Gonçalves, não obteve sucesso no primeiro dia em que o telefone para agendamento foi disponibilizado. A designer desembarcou em Dublin em 21 de novembro de 2021 junto com uma amiga, depois de adiar o intercâmbio por um ano e meio devido à pandemia, para estudar inglês. Valdirene relembra que, inicialmente, o embarque ocorreria no dia 4 de abril de 2020, e, naquele momento, o agendamento na imigração estava marcado para uma semana após a chegada. O que não ocorreu nessa vez.

Valdirene chegou na Irlanda no final de novembro e está há três meses tentando agendar um horário na imigração. Foto: arquivo pessoal

As duas brasileiras estão há três meses tentando conseguir um horário na Imigração para o encaminhamento do registro de permanência no país: “Ainda do Brasil, eu tentava em horário alternativos, muitas vezes acordando de madrugada, mas mesmo assim não apareciam horários disponíveis”, relata a Valdirene.

O objetivo também é trabalhar no período permitido pelo governo, mas a falta da Permissão de Residência Irlandesa (IRP, em inglês) está dificultando a busca por um emprego. “O empregador, a maioria deles, não quer contratar sem a documentação e eles não estão errados. Era algo que deveria já ter sido resolvido”, desabafa a designer. A esperança agora está no novo sistema disponível, mas por enquanto, as ligações não foram completadas.

Segundo a Imigração irlandesa, os operadores estarão disponíveis de segunda a sexta-feira, das 8 horas da manhã até as 8 horas da noite. O órgão pede que, ao telefonar, a pessoa tenha o número do passaporte em mãos, além de um endereço de e-mail que será utilizado para o recebimento da confirmação. O mesmo número deve ser utilizado por quem deseja cancelar ou remarcar o agendamento. 

De acordo com o Departamento de Justiça, “um novo sistema online de agendamentos será lançado no início deste ano”, no entanto, nenhuma data foi confirmada até o momento. As pessoas que moram fora de Dublin, devem buscar o escritório local de imigração.

Compartilhar

1 Comment

Comments are closed.