Em duas semanas, Imigração de Dublin tem quatro 4 mil agendamentos por telefone

Mais de quatro mil imigrantes que vivem na região de Dublin conseguiram, após o dia 10 de janeiro, agendar um horário com a Imigração irlandesa para solicitar a primeira Permissão de Residência no país. Na data, um novo serviço de atendimento começou a ser oferecido e, atualmente, as marcações estão sendo realizadas exclusivamente por uma linha telefônica gratuita.

Na primeira semana, os operadores realizaram uma média de 425 marcações por dia. Segundo dados obtidos pelo Agora Europa junto ao Departamento de Justiça, somente nos quatro primeiros dias do serviço, mais de 1,7 mil imigrantes conseguiram marcar um horário para a data mais próxima disponível. No momento, a Imigração atende diariamente 200 pessoas de forma presencial, para os casos de primeiro registro, no escritório de Burgh Quay, em Dublin.

O número disponibilizado para a realização de ligações gratuitas é 1800 741 741. O serviço está disponível das 8h da manhã às 20h, de segunda a sexta-feira, e das 9h da manhã às 15h nos sábados e domingos. Segundo o Departamento, entre 15 e 20 atendentes estão atuando para receber as ligações. 

“Devido à grande demanda e ao alto volume de ligações, alguns clientes tiveram atrasos ou dificuldades na conexão com o serviço telefônico, e o Departamento lamenta esse inconveniente. No entanto, essa situação continua melhorando diariamente à medida que mais clientes recebem consultas”, destacou o órgão.

A imigração pede que, ao telefonar, a pessoa tenha o número do passaporte em mãos, além de um endereço de e-mail que será utilizado para o recebimento da confirmação. O mesmo número de telefone deve ser utilizado por quem deseja cancelar ou remarcar o agendamento. 

O departamento destacou que “a equipe de atendimento está disponível para apoiar os clientes que possam ter dificuldades linguísticas ou que precisem de assistência com tradução”. Além disso, orientou os estrangeiros a assistirem vídeos em diferentes idiomas descrevendo o processo de registro por meio do site da Imigração.

Durante os últimos meses, usuários do sistema online de agendamento, que é gratuito, passaram a relatar muita dificuldade para conseguir horários. Em depoimentos recebidos pelo Agora Europa, brasileiros disseram realizar tentativas diárias por dois ou três meses sem obter sucesso.

Por meio das redes sociais ou em uma rápida busca pela internet, no entanto, ainda é possível encontrar serviços que utilizam robôs (bots, em inglês) e que ofereciam vagas mediante pagamento. Em um dos sites, a descrição diz que o trabalho é prestado há mais de dois anos: “nesse período, estamos orgulhosos em dizer que ajudamos uma média de 10 mil pessoas a conseguir um agendamento”.

O governo do país promete lançar, em breve, um novo sistema online para as marcações. A data para que isso ocorra, no entanto, não foi confirmada pelo Departamento de Justiça ao Agora Europa. As pessoas que moram fora de Dublin devem buscar o escritório local de Imigração.

Compartilhar