Política

Portugal: mais de 80% dos eleitores querem recandidatura de Marcelo à presidência
Destaque, Geral, Política, Portugal, Últimas Notícias

Portugal: mais de 80% dos eleitores querem recandidatura de Marcelo à presidência

Se depender dos portugueses, o atual presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa deve se recandidatar para mais quatro anos de mandato. O estudo da Eurosondagem para o semanário Sol e o Porto Canal aponta que 80,4% dos eleitores querem que o nome do ocupante do Palácio Nacional de Belém esteja nas urnas no pleito de janeiro de 2021. Para 10% dos eleitores, o presidente não deve se recandidatar e 9,6% têm dúvidas ou não sabem/querem responder. O estudo foi realizado entre os dias 7 e 10 de setembro com 1.022 entrevistados e tem margem de erro de 3,07 pontos percentuais. Filiado ao partido de direita PSD, Marcelo foi eleito em 2016, no primeiro turno, com 52% dos votos válidos. Na mais recente pesquisa sobre popularidade, o presidente alcança 63%, segundo dados da Aximage p...
Manifestantes ‘Gilets jaunes’ retornam às ruas da França neste sábado
Coronavírus, Destaque, Economia, Eventos, França, Geral, Política

Manifestantes ‘Gilets jaunes’ retornam às ruas da França neste sábado

  Após meses de trégua devido à pandemia, os Gilets jaunes - Coletes amarelos, em português - prometem voltar às ruas das grandes cidades francesas neste sábado (12). Como em edições anteriores, os manifestantes têm sido convocados em grupos e eventos nas redes sociais e nos perfis de líderes do movimento. Em Paris, os manifestantes planejam se reunir na avenida Champs-Elysées, às 9h. Há dois anos, os protestos chegaram a reunir cerca de 300 mil pessoas. Uma lista contendo os locais e horários das manifestações nas principais cidades francesas tem sido divulgada no Facebook. A perda do poder de compra das classes mais baixas, a alta dos impostos e a desigualdade social seguem sendo as principais reivindicações dos participantes, além da reforma da aposentadoria, que será...
Com 14 réus, julgamento do atentado ao Charlie Hebdo começa hoje em Paris
Destaque, França, Geral, Política, Últimas Notícias

Com 14 réus, julgamento do atentado ao Charlie Hebdo começa hoje em Paris

O julgamento dos 14 acusados de participação nos atentados terroristas de janeiro de 2015 teve início nesta quarta-feira (02), em Paris. Os ataques ocorreram em três pontos da capital francesa, sendo o principal deles a redação do jornal Charlie Hebdo, onde 12 pessoas foram assassinadas. Ao todo, foram 20 mortes, incluindo os três terroristas. Os 14 réus são acusados de cumplicidade nos atentados, como apoio ideológico, logístico, financeiro ou material. O processo todo, além do ataque ao jornal, também trata do assassinato de quatro pessoas no supermercado Hyper Cacher e da morte de um policial em Montrouge, ao sul de Paris. São previstas 49 audiências, que devem se estender até 9 de novembro. Na edição especial desta quarta-feira, o periódico satírico voltou a publicar cari...
Portugal: parlamento recomenda ao Governo apoio a associações LGBTI durante a pandemia
Destaque, Geral, Política, Portugal, Últimas Notícias

Portugal: parlamento recomenda ao Governo apoio a associações LGBTI durante a pandemia

Uma resolução publicada no Diário da República nesta segunda-feira (10) recomenda ao governo português "o apoio às associações e coletivos de pessoas lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais, transgêneros e intersexuais no âmbito da crise epidêmica" do coronavírus. A resolução foi proposta pela Assembleia da República, o equivalente à Câmara dos Deputados no Brasil. O texto sugere que o governo do primeiro-ministro António Costa "garanta o financiamento" destas entidades enquanto se manifestarem os efeitos da crise sanitária, social e econômica causada pela pandemia da covid-19. Em Portugal, essas entidades são consideradas como sendo de interesse público. Ainda de acordo com a resolução publicada, o Governo deverá também promover a integração destes grupos na Rede ...
Em meio a investigações, rei emérito da Espanha abandona o país
Destaque, Espanha, Geral, Política, Últimas Notícias

Em meio a investigações, rei emérito da Espanha abandona o país

Juan Carlos I, rei emérito da Espanha e pai do atual monarca, Felipe VI, deixou nesta segunda-feira, 3, o país para morar no exterior. Segundo uma carta divulgada pela Casa Real da Espanha (leia aqui), ele comunicou ao filho que a decisão é consequência da "repercussão pública" de notícias sobre contas em paraísos fiscais e busca “contribuir” para que Felipe VI possa executar sua função "com tranquilidade". Ainda não foi divulgado oficialmente o país onde Juan Carlos I irá residir depois de viver durante 58 anos no Palácio da Zarzuela, em Madri. De acordo com a imprensa portuguesa, o novo lar seria na turística cidade lusitana de Caiscais. A Casa Real informou que a saída foi voluntária e tomada em consenso com o filho. Felipe VI declarou “profundo respeito e gratidão”. Celeb...
Portugal tem primeiro dia sem mortes por Covid-19 desde março
Coronavírus, Destaque, Geral, Política, Portugal, Saúde, Últimas Notícias

Portugal tem primeiro dia sem mortes por Covid-19 desde março

Nenhuma pessoa morreu em decorrência de Covid-19 nas últimas 24 horas em Portugal. Foi a primeira vez desde 16 de março, quando o país entrou em estado de emergência por conta da pandemia e teve a primeira morte pela doença.  Até agora, Portugal teve 1.738 mortes por Covid-19.  O anúncio foi realizado nesta segunda-feira (03) durante coletiva de imprensa da Direção Geral de Saúde (DGS). O secretário de estado da Saúde, Antonio Lacerda Sales, emocionou-se ao falar da notícia: “Tem sido muito difícil nestes últimos tempos e estamos muito felizes, olhamos para estes últimos com humildade e cautela, pois sabemos que de um momento para outro, essa situação pode se reverter”, destacou. Mensagem de cautela e esperança Sales ainda ressaltou que neste mês em que os portugueses costum...
UE mantém Brasil de fora em nova da lista de acesso à Europa
Brasil, Coronavírus, Destaque, Imigração, Países, Política, Saúde, Turismo, Últimas Notícias

UE mantém Brasil de fora em nova da lista de acesso à Europa

Mais uma vez turistas brasileiros estão barrados de ingressar na União Europeia (UE). A segunda lista com países autorizados a entrar no território foi divulgada pelo bloco nesta tarde. Não houve adição de outro país que não estava na primeira lista. As únicas mudanças foram a retirada de Montenegro e Sérvia por terem aumento no número de casos nos últimos dias. Os critérios utilizados seguem os mesmos da primeira lista, divulgada no dia 30 de junho, da qual o Brasil já havia ficado de fora. Os países autorizados devem ter número de novos casos de Covid-19 nos últimos 14 dias abaixado da média da UE ou por cem mil habitantes e ter uma tendência estável ou decrescente de novos casos durante este período em comparação com os 14 dias anteriores. É levado em conta ainda a resposta ger...
Veja em quais situações brasileiros podem entrar na União Europeia
Destaque, Imigração, Países, Política, Turismo, Últimas Notícias

Veja em quais situações brasileiros podem entrar na União Europeia

Apesar de o Brasil ficar de fora da lista de países autorizados a ingressar na União Europeia (UE), existem algumas exceções. De acordo com o Conselho Europeu, é o caso de cidadãos da União Europeia e membros da família, residentes de longa duração na UE e membros de sua família e viajantes com função ou necessidade especial. O título de residente de longa duração é concedido a cidadãos que moram legalmente em algum país do bloco há pelo menos cinco anos. A legislação só não é aplicável no Reino Unido, Irlanda e Dinamarca, que dispõem de um regime especial para as políticas em matéria de imigração e asilo. Além destes também estão liberados os seguintes casos: - Profissionais de saúde, pesquisadores em saúde e profissionais de assistência a idosos; - Trabalhadores fronteiriços...
Micheál Martin é eleito e Irlanda tem novo primeiro ministro
Destaque, Irlanda, Política, Últimas Notícias

Micheál Martin é eleito e Irlanda tem novo primeiro ministro

Com 93 votos, o Parlamento irlandês elegeu, neste sábado, o novo primeiro ministro do país, que inicia imediatamente as atividades no cargo. Para se eleger, Micheál Martin precisava alcançar o número mínimo de 83 votos. O nome do novo Taoiseach, Micheál Martin, já havia sido definido em um acordo firmado pelos dois maiores partidos irlandeses, Fianna Fáil, de Micheál, e Fine Gael, do então Taoiseach Leo Varadkar, além da contribuição do Green Party. Segundo o acordo firmado pelas três siglas, Micheál Martin assume o cargo até dezembro de 2022. A partir de então, Leo Varadkar reassume a posição mais importante da política irlandesa. Pelas redes sociais, Micheál o então deputado celebrou a conquista do novo cargo: "Como eu disse no Dáil (Parlamento) mais cedo, ser eleito Taoise...
Auxílio Emergencial será estendido por meses, diz primeiro ministro irlandês
Coronavírus, Destaque, Irlanda, Países, Política, Últimas Notícias

Auxílio Emergencial será estendido por meses, diz primeiro ministro irlandês

Por Cristiano Goulart, em Dublin. O benefício emergencial de €350 será estendido por meses aos trabalhadores afetados pela pandemia de coronavírus na Irlanda. A afirmação é do primeiro ministro irlandês (Taoiseach), Leo Varadkar. Em discurso no parlamento, na manhã desta quinta-feira (4), Varaddkar afirmou que o pagamento aos trabalhadores que ficaram desempregados no período de pandemia expira, inicialmente, em 8 de junho. No entanto, o político declarou que irá recomendar o prolongamento do benefício para os próximos meses: - Primeiro de tudo, eu quero extender (o pagamento) por meses; não por semanas. Segundo: ninguém que estava tabalhando em tempo integral (full-time) antes da pandemia terá seu seguro desemprego cortado", afirmou Leo Varadkar. Os trabalhadores que realiza...