Portugal: incêndio em área protegida destrói mais de 16 mil hectares


O Parque da Serra da Estrela, a maior área protegida de Portugal e um dos principais pontos turísticos do país, enfrenta um incêndio que já destruiu mais de 16 mil hectares. A estimativa é do Sistema Europeu de Informação de Fogos Florestais (EEFIS, sigla em inglês). O fogo começou no dia 6 de agosto e continua se alastrando pela região. 

Segundo informações captadas pelo satélite Copernicus, somente nas últimas 24 horas, mais de 7 mil hectares foram destruídos pelo incêndio. Mais de 1,6 mil profissionais de diversas partes do país, 470 caminhões e 18 aeronaves atuam no combate ao fogo na região, de acordo com a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC). A ação conta com o apoio da União Europeia (UE), que enviou aviões para apagar as chamas.

As condições climáticas e a geografia da área, que tem a maior altitude do território, representam uma dificuldade aos profissionais, conforme uma nota do governo, que está acompanhando a situação: “O Governo continuará a acompanhar o evoluir deste incêndio e o esforço que está a ser feito para o combater, tendo transmitido aos autarcas [prefeitos] e a todos os operacionais, através da ANEPC, uma mensagem de apoio às operações no terreno”, pontua o comunicado.

A prefeitura de Covilhã, uma das cidades mais próximas da serra, recomenda aos moradores que “se mantenham vigilantes e que evitem todos os comportamentos de risco, em especial nas freguesias do norte do concelho [município]  onde se verificam as situações de maior complexidade”, orienta a publicação divulgada nas redes sociais.

Em Manteigas, outra cidade próxima à área do incêndio, as festividades de verão programadas foram canceladas. Em comunicado, as autoridades municipais pedem a doação de alimentos e água para os profissionais que combatem o fogo. Já no município de Videmonte, as praias fluviais e zonas balneárias estão fechadas, uma vez que a água está sendo utilizada para conter toda a situação.

Foto: Prefeitura de Guarda/Divulgação

Outros incêndios pelo país

O incêndio que consome a Serra da Estrela é o maior em andamento no país, mas outras regiões enfrentam o mesmo problema. Conforme a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, mais de 250 focos são combatidos em 18 distritos do território. No total, mais de 2,7 mil bombeiros e 830 caminhões e 23 aviões estão atuando no combate ao fogo.

Compartilhar