Embaixada confirma voo para brasileiros retidos em Portugal

Viagem está prevista para a próxima sexta-feira, dia 26 de fevereiro.
Foto: TAP / Divulgação

A Embaixada do Brasil em Portugal confirmou, na tarde desta sexta-feira (19), que será realizado um voo extraordinário para os brasileiros que estão retidos em território português e desejam retornar ao país de origem. Conforme comunicado divulgado, a viagem está prevista para a próxima sexta-feira, dia 26 de fevereiro.

De acordo com a Embaixada, essa é uma “operação privada” e o voo será realizado pela empresa TAP. O avião vai partir de Lisboa com destino final para o aeroporto de Guarulhos, em São Paulo. A orientação do Governo brasileiro é para que os passageiros entrem em contato com a companhia aérea para a marcação ou aproveitamento de passagens já existentes.

Para garantir um lugar no voo, os brasileiros devem acessar o site da TAP e preencher um formulário que já está disponível. A nota não menciona os casos de passageiros que possuem passagens aéreas compradas com outras companhias.

Os viajantes deverão apresentar um teste negativo de Covid-19 e preencher a declaração de saúde que está no site da Anvisa. A nota oficial informa, ainda, que somente poderão ingressar no aeroporto as pessoas que tiverem os bilhetes confirmados pela TAP.

Acordo luso-brasileiro

Portugal também anunciou, nesta semana, a realização de um voo de repatriação para portugueses que estão retidos no Brasil. A data da viagem foi confirmada hoje (19) pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros. O voo será no próximo sábado, dia 27 de fevereiro, também operado pela TAP. Os passageiros que já se inscreveram nos consulados serão contactados pela companhia aérea. A nota da Embaixada do Brasil menciona que os dois governos mantém contato para facilitar a realização de voos extraordinários.

As viagens comerciais entre Brasil e Portugal estão suspensas desde o 27 de janeiro, por determinação do Governo português. A medida, prorrogada na semana passada, foi tomada levando em conta a situação da pandemia em território luso, além de prevenir as novas variantes do coronavírus. A suspensão dos voos comerciais entre os dois países está mantida até o dia 1° de março.

Desde o momento em que os voos comerciais entre os dois países foram proibidos, cerca de 270 brasileiros que estavam com viagem marcada para uma volta definitiva ao Brasil ficaram retidos. Os imigrantes se uniram, através das redes sociais, para pedir um voo de repatriamento e enviar documentos para o Consulado e a Embaixada, além de solicitar apoio a autoridades políticas brasileiras. O mesmo movimento foi realizado no Brasil, por portugueses e residentes legais em Portugal, que precisam voltar ao país.

Leia mais:
– Espanha determina quarentena para viajantes do Brasil
 Residentes italianos podem retornar do Brasil para a Itália a partir de hoje
 Espanha prorroga limitação aos voos do Brasil até março

Compartilhar

1 Comment

  • Nice

    Mas e o restantes dos passageiros que tem passagens compradas em outra companhia vão ficar?
    Só uma aeronave não conseguira levar todos são mais de 400 pessoas passando necessidades, com problemas de saúde, querendo o direito de voltar ao país de origem que já tinham se organizado desde de janeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *