Mesmo sem obrigatoriedade, moradores da Irlanda são estimulados a usar máscaras

Por Daiane Vivatti, de Dublin

A Irlanda lançou uma recomendação para que os moradores do país façam o uso de máscaras/coberturas faciais quando não houver a possibilidade de manter o distanciamento social. A medida não é obrigatória, ou seja, quem não estiver usando máscara não será multado. O Governo, no entanto, estimula que a população utilize cobertura facial no transporte público, em lojas, shoppings e supermercados e também ao visitar pessoas acima de 70 anos ou com alguma comorbidade médica.

“Nossa mensagem é simples: se você se encontra em situações onde manter o distanciamento social é difícil, como no transporte público ou em lojas, por favor, use máscara. Também é uma boa ideia usá-la quando você estiver visitando alguém vulnerável ao vírus. Dessa forma, nós podemos ajudar a reduzir a disseminação do vírus, o que é mais importante do que nunca, já que nosso país continua reabrindo”, explicou o primeiro-ministro irlandês Leo Varadkar.

Leia mais
– Portugal admite barrar entrada de brasileiros se União Europeia determinar
– Itália lança aplicativo para rastrear infectados por coronavírus

A campanha é uma recomendação da Equipe Nacional de Saúde Pública Emergencial e foi lançada no mesmo dia em que o país voltou a não registrar mortes em decorrência do Covid-19, mantendo o número de 1706 óbitos desde o início da pandemia. A primeira vez em que a Irlanda não havia registrado nenhuma morte foi no dia 25 de maio. Já o número de casos confirmados nesta segunda-feira (15) chegou a 18.

O uso de máscaras não é recomendado para crianças menores de 13 anos, além de pessoas que possuem problemas respiratórios ou que não podem remover a cobertura facial por si próprias. Para ser utilizada corretamente, a máscara precisa cobrir o nariz e a boca. O objetivo de cobrir o rosto está em impedir que pessoas com coronavirus, mas que não possuem sintomas, não sejam capazes de transmitir a doença. Já as pessoas que possuem sintomas devem se isolar imediatamente.

O Governo também reafirmou a necessidade de a população manter outras medidas para conter a disseminação do vírus, como lavar as mãos adequadamente e com frequência e manter o distanciamento social de dois metros. Além disso, é importante cobrir a boca e o nariz ao espirrar ou tossir e não tocar nos olhos, nariz e boca se as mãos não estiverem limpas.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.