Governo holandês recorre à Justiça e mantém toque de recolher no país

O toque de recolher deve ser cumprido entre as 21h e as 4h30 da madrugada -Foto: Canva.


O toque de recolher está temporariamente mantido na Holanda após o Governo reverter, na Justiça, a decisão que havia suspendido a medida no país. Na noite desta terça-feira (16), o primeiro-ministro dos Países Baixos, Mark Rutte, confirmou que a população deve permanecer confinada entre as 21 horas e às 4h30 da madrugada no horário local. Na próxima sexta-feira (19), a Corte holandesa irá analisar a legalidade da restrição no território neerlandês.

Nesta terça-feira, o grupo de ação anti-lockdown Viruswaarheid, liderado pelo conservador Willem Engel, que também é professor de dança, obteve, em primeira instância, a suspensão da medida governamental em todo o país. O Governo recorreu imediatamente da decisão, que só foi obtida após as 21 horas, horário local de início do toque de recolher. A Justiça manteve o confinamento em vigor no território holandês até o julgamento do mérito da medida, previsto para ocorrer nesta sexta-feira (19). Por meio das redes sociais, Mark Rutte reforçou que a população deve permanecer respeitando as regras de saúde pública, nas quais se incluem o toque de recolher.

“O toque de recolher se aplica, também nesta noite. O coronavírus ainda não está sob controle. Continua sendo importante ficar em casa, encontrar o mínimo de pessoas possíveis e aderir a todas as medidas, como o toque de recolher”, reforçou o político.

O toque de recolher foi implementado no último dia 23 de janeiro na Holanda. A estratégia, que é a mais dura já aplicada nos Países Baixos desde a Segunda Guerra Mundial, visa, desta vez, combater a propagação da Covid-19 e da nova variante britânica do vírus no território neerlandês. Na última semana, a medida foi estendida até o dia 2 de março.

No dia em que o toque de recolher entrou em vigor na Holanda (23), o país registrou 5.459 novos casos de Covid-19 em apenas um dia. Atualmente, considerando as últimas 48 horas, a média de casos diários é de 2.798 novos diagnósticos da doença a cada 24 horas, o que representa uma redução de quase 50% das contaminações diárias. Ao todo, o país já contabilizou 1.032.094 casos da doença, que resultaram em 14.843 mortes até o momento.

Medidas em vigor no lockdown holandês

Além do toque de recolher, os Países Baixos mantêm museus, cinemas e livrarias fechadas. Também não é permitido receber mais de um visitante em casa por dia, assim como também não se deve visitar mais de uma residência na mesma data. Bares e restaurantes estão impedidos de receber público. No entanto, ainda é permitido comercializar pedidos pelo sistema takeaway (page e leve). A venda de bebidas alcoólicas está proibida a partir das 20 horas. Apenas estabelecimentos comerciais podem permanecer abertos, como farmácias e supermercados. Está proibido viajar para fora do país por motivos não essenciais, como saúde ou trabalho, até o dia 31 de março.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.