Holanda propõe toque de recolher e proíbe voos do Brasil por um mês

A proibição aos voos entra em vigor neste sábado (22) – Foto: Canva.


Depois da Itália e do Reino Unido, a Holanda também entrou na lista de países que determinaram a proibição de voos oriundos da América do Sul, no qual inclui o Brasil. Nos Países Baixos, a medida entra em vigor na madrugada do próximo sábado (23) e vale por, pelo menos, um mês.

Além da América do Sul, os holandeses também proibiram viagens com origem no Panamá, Cabo Verde e África do Sul. A mesma sanção já havia sido aplicada para voos e balsas do Reino Unido. A intenção do governo neerlandês é evitar a proliferação da nova variante do coronavírus.

Os viajantes de regiões de áreas com elevado índice de circulação de Covid-19, incluindo países da Europa, também devem apresentar um teste rápido, com resultado negativo, realizado até 4 horas antes do embarque para a Holanda, exigência que já é aplicada para quem parte dos territórios britânico, sul-africano e irlandês desde o dia 15 de janeiro. Este teste, no entanto, não elimina a atual obrigatoriedade de apresentação do exame PCR, que deve ser feito até 72 horas antes do embarque para os Países Baixos. Ao chegar em território neerlandês, o viajante deve permanecer em quarentena por até 10 dias. O isolamento só pode ser interrompido caso, após 5 dias confinado, decida aplicar um novo teste PCR e obtenha resultado negativo.

“A proibição de entrada está em vigor para certos grupos de viajantes de países fora da União Europeia desde março. O governo decidiu encurtar a lista de exceções a essa proibição. Isso significa que viajantes a negócios, estudantes, migrantes altamente qualificados, profissionais do setor cultural e criativo e amantes de viagens de longa distância que vêm para estadias curtas não podem mais entrar na Holanda” – completa a nota do Governo da Holanda.

Governo propõe toque de recolher

Pela primeira vez desde o início da pandemia, o primeiro-ministro holandês, Mark Rutte, apresentou uma proposta de toque de recolher para a população holandesa. O plano, no entanto, precisa ter o consentimento da Casa dos Representantes, que equivale à Câmara dos Deputados no Brasil. Se aprovado, o toque de recolher entrará em vigor nos próximos dias e a população ficará proibida de sair de casa entre as 20h30 e às 4h30 até o dia 10 de fevereiro.

Com isso, o Governo pretende impedir visitas domiciliares, encontros em grupos, e retardar infecções. Somente em situações excepcionais a população poderá sair de casa, como em caso de calamidade, trabalho, para funerais, entre a residência e o aeroporto ou rodoviária e para passear com o cachorro na coleira. No entanto, ao sair de casa, as pessoas terão de preencher e portar um formulário próprio de “Toque de Recolher” que justifique a saída.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.