Portugal amplia horário de funcionamento dos restaurantes

Atualmente, atendimento ocorre somente até 22h30min.
Foto: Canva


Com avanço da vacinação contra Covid-19 e estabilização nos casos da doença, Portugal terá flexibilizações nas regras nas próximas semanas. A partir do dia 14 de junho, os restaurantes e casas de espetáculos poderão atender os clientes até 1h da madrugada e o comércio não terá mais restrições de horários.

É um novo passo no desconfinamento no país, conforme anunciado, nesta quarta-feira (2), pelo primeiro-ministro, António Costa. A partir da mesma data, também deixará de ser obrigatório o home office, que passará a ser apenas uma recomendação aos profissionais.

Outra novidade diz respeitos à lotação dos transportes públicos. Os veículos poderão voltar a ter 100% da capacidade de passageiros sentados. No caso daqueles que comportam pessoas em pé, como metro e trens urbanos, a limitação passa para 2/3.

No dia 28 de junho inicia mais uma etapa do desconfinamento. As Lojas do Cidadão voltam a atender sem marcação prévia. Será liberada participação de público em eventos esportivos, mas mediante regras da Direção Geral de Saúde (DGS).

Os clubes noturnos permanecem fechados, até, pelo menos, o final de agosto. Depois, será feita uma nova avaliação da situação epidemiológica do país para definir as regras do outono.

Em relação aos turistas no verão, o primeiro-ministro não apresentou novidades, apenas confirmou que o plano é manter a entrada dos britânicos no país. Atualmente, o turismo de passageiros que embarcam no Brasil segue proibido.

Uso de máscaras e vacinação

Mesmo com avanço da vacinação, continuará sendo obrigatório o uso de máscaras. O primeiro-ministro adiantou que o Parlamento deverá renovar a lei que torna o equipamento obrigatório: “É cedo para aliviar essa restrição”, explicou Costa.

Atualmente, já foram aplicadas no país 5 631 365 doses de vacinas contra o coronavírus. Destas, cerca de 3,7 milhões são da primeira dose e outras 1,8 milhões da segunda. Também nesta quinta-feira, o coordenador da campanha de vacinação, Henrique Gouveia e Melo, anunciou que o imunizante Janssen, de injeção única, será aplicado em todas as faixas etárias masculinas. Para mulheres, continua a recomendação de aplicar em pessoas acima dos 50 anos.

Atualmente, a população vacina possui mais de 50 anos. A partir da próxima terça-feira (6), inicia a imunização da faixa dos 40 anos. Já no dia 20, está confirmada a vacinação das pessoas entre os 30 e 39 anos. No caso dos residentes abaixo dessa idade, a previsão do governo é que comecem a receber a vacina no mês de agosto.

Com a imunização, seguem baixos os índices de mortalidade no país. Conforme o boletim oficial, uma pessoa faleceu em decorrência do vírus nas últimas horas. No dia anterior, não foi registrada nenhuma vítima. Em relação aos casos, o mesmo documento reporta mais 724 pessoas infectadas com o vírus.

Leia mais:
Portugal: Imigração estuda atender agendamentos por ordem de inscrição
Portugal abre 500 vagas de estágio em instituições públicas

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.