Portugal mantém as restrições para ingresso de voos brasileiros

Apenas viagens essenciais são permitidas.
Foto: TAP / Divulgação


O governo de Portugal continua a restringir a entrada de brasileiros no país. Turistas provenientes de voos do Brasil não são permitidos nos próximos 15 dias, conforme determinações do Conselho Europeu. Para os casos especiais, segue a obrigação de apresentar um teste de resultado negativo para Covid-19. Nesta sexta (17), o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) emitiu comunicado nas redes sociais em que reforça a informação sobre e obrigatoriedade do teste. É necessário ainda que o exame tenha sido feito 72h antes do embarque.

Passageiros que não tiveram o teste deverão fazê-lo no aeroporto em Portugal e arcar com os custos do exame, destaca o SEF. Aqueles que não se enquadram nos casos excepcionais serão barrados e obrigados a regrassem ao Brasil. Ainda segundo o serviço, o retorno deve ser custeado pela companhia aérea que realizou a viagem.

Situações especiais

Conforme o governo português, em novo despacho publicado na noite de quinta (16), podem ingressar no país os cidadãos nacionais da União Europeia (UE) ou residentes legais. Para estrangeiros, somente são aceitas viagens por motivos profissionais, de estudo, de reunião familiar, por razões de saúde ou por razões humanitárias.

Revisão da lista

As regras serão revistas após nova reunião do Conselho Europeu, prevista para o final de julho. No entanto, o bloco só autoriza viagens de países que tenham número estável de casos e transparências nas informações sobre a pandemia. Depois dos Estados Unidos, que também está fora da lista, o Brasil é o país com maior número de casos, com mais de 2 milhões de infectados e 76 mil mortos.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.