Covid-19: Portugal vai vacinar em agosto pessoas com mais de 20 anos


Portugal irá vacinar contra Covid-19 pessoas na faixa dos 20 a 30 anos no mês de agosto. A informação é do coordenador da campanha de vacinação no país, Henrique Gouveia e Melo, que falou com a imprensa nesta terça-feira (1°) na saída de um conferência de saúde, em Lisboa.

“Nós vamos acabar as pessoas acima dos 30 anos entre fim de julho e início de agosto e, nessa altura, vamos começar as pessoas acima dos 20 anos. É natural que no início de agosto estejamos a vacinar pessoas com 20 e 30 anos”, explicou o coordenador.

A vacinação das pessoas na faixa dos 40 anos começa na próxima terça-feira, dia 6 de junho. No caso das pessoas entre os 30 e 39, o calendário está programado para o dia 20 do mesmo mês. Atualmente, pessoas com mais de 50 anos podem marcar a data a vacinação pelo portal de agendamento.

Gouveia e Melo ainda informou, nesta manhã, que as pessoas já infectadas com Covid-19, seis meses após a recuperação, poderão agendar a imunização. Antes, uma norma da Direção Geral de Saúde (DGS) impedia a vacinação deste público. Assim como as pessoas que não tiveram a doença, será utilizado o critério de idade.

Dia sem óbitos

Nesta terça-feira, Portugal registra mais um dia sem óbitos causados pela Covid-19, conforme o boletim oficial do Serviço Nacional de Saúde (SNS). É  a terceira vez, nos últimos quatro dias, que o vírus não faz vítimas no país.

Em relação aos casos, o boletim confirma mais 445 infecções pela doença. Portugal já teve, desde o início da pandemia, 849.538 pessoas infectadas com o vírus.

Na semana passada, quatro cidades do país entraram em alerta por causa do alto número de infecções. Chamusca, Salvaterra de Magos, Vale de Cambra e a capital, Lisboa. A testagem foi ampliada nessas localidades, com objetivo de diminuir o número de casos e evitar novas restrições. Na próxima quinta-feira (3), na reunião do Conselho de Ministros, o Governo deverá anunciar se essas localidades recuam no desconfinamento.

Leia mais:
Recuperados da Covid-19 poderão viajar por seis meses na União Europeia
Portugal abre 500 vagas de estágio em instituições públicas

Portugal: Imigração estuda atender agendamentos por ordem de inscrição

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *