Sobe para 90 o número de cidades com toque de recolher em Portugal


Mais 30 cidades terão toque de recolher e outras restrições mais rígidas para conter a pandemia de Covid-19 em Portugal, a partir desta sexta-feira (16). Os municípios se somam aos outros 60 que já estavam em situação de risco na semana passada. Com isso, chega a 90 o número de localidades, o equivalente a 1/3 do país, que enfrentam as regras que vem sendo impostas pelo governo nas últimas semanas.

Além do toque de recolher às 23h, fica obrigatória a exigência de um Certificado Covid-19 ou teste para visitar restaurantes aos finais de semana nestes 90 municípios. Fica mantida ainda a obrigatoriedade da certificação para o check in em todos os hotéis e alojamentos turísticos de todo o país.

Após o Conselho de Ministros desta quinta-feira (15), afirmou que a pandemia no país “continua a se degradar”. Portugal teve um aumento de três vezes no número de casos da doença nas últimas quatro semanas.

No entanto, Mariana esclareceu que a situação está “controlada” do ponto de vista do Serviço Nacional de Saúde (SNS). Atualmente, 774 pessoas estão hospitalizadas, um aumento de 40 pacientes nas últimas 24 horas. Nos cuidados intensivos o país possui um total de 174 doentes, três a mais do que dia anterior.

Além das decisões semanais do Conselho de Ministros, o governo irá se reunir com especialistas em saúde no dia 27 de julho. As autoridades irão definir se alteram a atual matriz de risco, documento que guia o governo na definição das novas medidas que são implementadas pelo país.

“Corrida contra o tempo”

Durante o pronunciamento, a ministra frisou que o Portugal está em uma “corrida contra o tempo” na campanha de vacinação. Vieira da Silva definiu o ritmo da imunização como “muito elevado”.

No entanto, a velocidade da vacinação tende a diminuir, uma vez que foi suspensa a modalidade de imunização sem agendamento, no caso das pessoas com mais de 40 anos. Conforme nota oficial, a decisão é motivada diminuição de vacinas disponíveis, uma vez que um lote dos imunizantes Janssen foi suspenso.

A força tarefa não deu mais detalhes do caso e informou que a vacinação seria retomada “logo que possível”. Atualmente, 60% da população do país já recebeu a primeira injeção, enquanto 42% está com a imunização completa. Conforme a última atualização oficial, foram aplicadas mais de 10 milhões de doses no país.

Compartilhar