Portugal: funcionários de aeroportos anunciam greve no final de dezembro


Os funcionários responsáveis pela manutenção dos aviões nos aeroportos em Portugal anunciaram, nesta quarta-feira (24), uma greve no mês de dezembro. A paralisação será total nos dias 22, 23, 29 e 30 de dezembro, datas de grande movimentação de passageiros devido às festas de fim de ano. A informação é do Sindicato dos Trabalhadores dos Aeroportos Manutenção e Aviação (Stama).

Em nota enviada ao Agora Europa, a entidade sindical diz aos passageiros que “lamenta caminho a que a Portway força os trabalhadores a seguirem”. A Portway é a empresa responsável pela assistência aos viajantes nos aeroportos em Portugal.

Ainda não há informação de qual será o impacto da greve no país. Além da paralisação total no final do próximo mês, os trabalhadores já iniciam a redução de três horas diárias no serviço entre os dias 9 e 31 de dezembro e a não realização de todo o trabalho que envolva horas extras a partir do dia 9 do próximo mês e com data indeterminada para o fim.

Os avisos de greve ocorreram após uma reunião, realizada hoje, com a empresa que opera o serviço. Segundo o sindicato, após a tentativa de acordo, “não restou outra alternativa”. O Stama pontua que as ações visam “municiar os trabalhadores de ferramentas para reivindicarem o que é ético, justo e honesto”.

As reivindicações dos trabalhadores são o pagamento de horas extras, a reavaliação do método que analisa o desempenho dos profissionais e pelo fim dos “abusos de adaptabilidade” aos funcionários.

Greves nos aeroportos do país

Outras duas greves já foram realizadas em aeroportos de Portugal neste ano. Em julho, a paralisação de trabalhadores que atuam no serviço de terrestre de apoio às aeronaves e passageiros causou o cancelamento de dezenas de voos. Em agosto, uma paralisação parcial dos inspetores de imigração também causou filas e tempos de espera mais demorados que o normal aos passageiros.

Compartilhar