Greve em aeroportos de Portugal gera cancelamento em centenas de voos

Cerca de 240 voos que chegariam ou partiriam de Lisboa, neste sábado (17), foram cancelados, segundo a Empresa Pública de Aeroportos e Navegação de Portugal (ANA). Os cancelamentos ocorrem devido à greve do serviço de terrestre de apoio às aeronaves e passageiros (handling) da empresa Groundforce, que segue até domingo (18). Os funcionários da companhia que presta assistência à ANA protestam pelo atraso de salários e reivindicam melhores condições de trabalho.

A administradora dos aeroportos de Portugal afirma, por meio de nota, que ‘’constrangimentos, cancelamentos e atrasos nos voos assistidos pela Groundforce, nos aeroportos de Lisboa, Porto, Faro, Funchal e Porto Santo’’, são esperados, e recomenda que passageiros com bilhetes marcados para sábado e domingo entrem em contato com as companhias aéreas para confirmar o status do voo antes de se deslocarem para o aeroporto.

As companhias aéreas que contam com o auxílio de outras empresas de assistência em terra, assim como as situadas no Terminal 2 do Aeroporto de Lisboa, registram operação normal. Nos aeroportos do Porto, Faro, Funchal e Porto Santo, a greve não tem impacto significativo, tendo sido registrados, até agora, 36 cancelamentos entre chegadas e partidas.

A greve dos trabalhadores da Groundforce segue até a meia-noite do dia 18 de julho.

Compartilhar

2 Comments

Não é possível deixar seu comentário no momento.