Portugal anuncia dose de reforço para vacinados com Janssen


Pessoas com mais de 18 anos vacinadas com o imunizante Janssen terão direito a uma dose de reforço em Portugal. O anúncio foi realizado em coletiva de imprensa nesta quinta-feira (17) pela diretora geral de Saúde, Graça Freitas.

A injeção aplicação poderá ser feita 90 dias após a primeira vacina. As autoridades de saúde do país definiram que o reforço será com os imunizantes Moderna ou Pfizer-Biontech. De acordo com Freitas, cerca de 1 milhão de pessoas receberam a vacina Janssen em Portugal. A diretora explicou que a decisão acompanha “estudos internacionais” que evidenciam a necessidade de reforçar a imunização. A mesma medida iniciou na vizinha Espanha nesta semana.

A diretora ainda não deu detalhes de quando começará a aplicação das novas doses. Outro público que receberá um reforço são as pessoas recuperadas da Covid-19 e que, pelo procedimento adotado no país, receberam apenas uma dose da vacina. Por enquanto, o reforço será para pessoas acima dos 65 anos, esclareceu a autoridade de saúde. 

Atualmente, o Ministério da Saúde também está aplicando um reforço em bombeiros. Segundo o Ministério da Administração Interna, existem 28 mil profissionais do Corpo de Bombeiros em Portugal.

Outra novidade anunciada hoje é a diminuição do intervalo de doses para receber a injeção extra. O período vai passar de seis para cinco meses “para o processo ser mais depressa”, 

Para a diretora, a melhor forma de a população ser protegida é “vacinar, vacinar e vacinar”. Graça Freitas ainda frisou que a pandemia “não acabou”. Mais de 86% dos residentes em Portugal estão totalmente vacinados contra o coronavírus.

Reforço nos testes e novas medidas

O programa de testes de Covid-19 gratuitos em todo o país foi reativado hoje pelo Ministério da Saúde. Todas as pessoas inscritas no Serviço Nacional de Saúde (SNS) possuem direito a quatro exames mensais, um por semana. Os testes precisam ser realizados nas farmácias participantes do programa.

Além do programa nacional de testagem, o município de Lisboa possui uma iniciativa semelhante. Moradores na capital lusa também têm direito a um exame semanal nas farmácias cadastradas. Outra alternativa oferecida pelas autoridades municipais é a de fazer o teste em postos espalhados pela cidade.

Nas últimas semanas, os casos de coronavírus em Portugal mais que dobraram, levando o governo a convocar uma reunião com especialistas em saúde para ouvir recomendações. O encontro está marcado para esta sexta-feira (18) e são esperadas declarações das autoridades sobre novas medidas após a reunião.

Compartilhar