Cidadão português é investigado por exploração de mão de obra imigrante em Portugal

Ação foi realizada em empresas da construção civil.
Foto: SEF / Divulgação


A exploração de trabalhadores imigrantes em Portugal está sendo combatida com operações policiais no país. No final da tarde de terça-feira (6), uma ação do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) encontrou estrangeiros trabalhando em condições ilegais em três cidades portuguesas.

A operação foi realizada em seis locais de trabalho na área de construção civil em Lisboa, Faro e Évora. Conforme comunicado do SEF, um empresário português, de 62 anos, está sendo investigado pelos crimes de auxílio à imigração ilegal e angariação à mão de obra ilegal.

“Os trabalhadores, boa parte em situação de permanência irregular em Portugal, aceitam condições de trabalho abaixo do legalmente previsto, com a negação de direitos de férias, baixas médicas ou pagamento de horas extras, provendo as empresas em investigação de elevados ganhos financeiros”, ressalta o serviço de imigração.

É a segunda operação de combate à mão de obra irregular realizada nos últimos dias em Portugal. Na semana passada, inspetores do SEF realizaram buscas em um fábrica do setor têxtil na Capital do país. Segundo o órgão, trabalhavam 12 mulheres imigrantes em situação irregular no local.

Segundo SEF, 12 imigrantes trabalhavam de forma irregular no local.
Foto: Divulgação / SEF

O casal dono do empreendimento, um português e uma estrangeira, estão sendo investigados pelos crimes de angariação de mão de obra ilegal e de auxílio à imigração ilegal.

Segundo o SEF, as ações ocorrem em locais de trabalho onde os “cidadãos estrangeiros estão em situação de precariedade e de desconhecimento da lei, aproveitando-se os empregadores da sua fragilidade”.

Leia mais:
– Portugal estuda retomar em breve voos comerciais com o Brasil
 Portugal reabre área externa de restaurantes na segunda-feira

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *