Espanha vive dias de incerteza com mais de uma centena de surtos de Coronavirus

Espanha contabiliza 28.413 mortes por Covid-19. Foto: Isaac Planella/Divulgação


Após sair de uma das quarentenas mais rígidas da Europa, a Espanha novamente depara-se com o medo de repetir as milhares de mortes decorrentes da pandemia entre março e junho. A nova normalidade, como vem sendo chamada, ainda desperta dúvidas e temores diante de 120 surtos ativos espalhados pelo país.

Se bem os governos locais tem conseguido mapear e isolar os casos, a maioria relacionados a trabalhadores temporários ou encontros familiares, há um temor de que a qualquer momento a situação saia do controle.

Um novo estado de alarma, onde o governo central assume toda responsabilidade pela mobilidade e sistema de saúde, está descartado neste momento. Mas comunidades autônomas já estudam regredir nas medidas de contenção, voltando a restringir a circulação de pessoas e os encontros.

Nova normalidade ameaçada

Entre as grandes cidades, Barcelona é a que mais preocupa. Embora o turismo não tenha deslanchado na temporada de verão, o número de casos positivos na cidade se multiplicou por três na semana passada em relação ao anterior: 164 novos casos foram notificados entre 29 de junho e 5 de julho, enquanto entre 6 e 12 o número de novos diagnósticos aumentou para 496. Há um total de 29 surtos ativos neste momento.

O rápido aumento dos casos levou a prefeita Ada Colau a cogitar novas restrições no dia-dia da cidade. Ela também cobrou do governo da Catalunha mais equipes para rastrear os novos focos e assim isolá-los rapidamente.

“A Agência de Saúde Pública de Barcelona calcula que, para 300 novos casos todos os dias, seriam necessários 100 rastreadores. Os dispositivos precisam ser expandidos porque são insuficientes. Eles não estão bem dimensionados ”, declarou Colau nesta quarta-feira.

Desde a semana passada o uso de máscaras é obrigatório na Catalunha em todos espaços públicos, a exceção de praias, ao comer em restaurantes e praticar esportes.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.