Espanha: inscrições para bônus de € 400 a jovens abrem nesta segunda


As inscrições para o bônus cultural de 400 euros destinado a jovens na Espanha abrem nesta segunda-feira (25). O recurso pode ser solicitado por todos os residentes espanhóis que completam 18 anos em 2022 e deve ser utilizado em produtos ou eventos da área da cultura. O governo espanhol estima que meio milhão de jovens sejam beneficiados com a medida, criada no ano passado.

De acordo com o Ministério da Cultura, o “Bônus Cultural Jovem” (Bono Cultural Joven, em espanhol) pode ser utilizado para entradas em teatro, ópera, museus e festivais de música e dança, por exemplo. Ao mesmo tempo, é válido para a compra de livros, videogames e pagamento de serviços de streaming de filmes e séries.

“O objetivo é que eles desfrutem do que gostam, mas também vivam novas experiências, como a primeira vez na ópera ou em um espetáculo artístico. Queremos formar e promover a cultura entre os jovens, criando novos hábitos e novos públicos “, ressalta Miquel Iceta, titular da pasta.

Os valores são divididos da seguinte maneira: 100 euros para compra de produtos físicos, 100 euros para produtos digitais e 200 euros para eventos culturais. Ao todo, 525 entidades do setor cultural estão cadastradas para aceitar o bônus.

Ainda segundo o ministro, a iniciativa também representa “igualdade de oportunidades, na coesão territorial, no combate às desigualdades sociais e económicas”. O bônus é válido para todo o território e para todos os jovens que completam 18 anos em qualquer data de 2022. A identificação dos beneficiários será feita exclusivamente por meio digital.

De acordo com as instruções para que os jovens se inscrevam, a solicitação do bônus precisa ser feita com o certificado digital emitido pelo governo espanhol chamado de FNMT, utilizado para confirmação da identidade. O documento pode ser solicitado tanto por espanhóis quanto por imigrantes que morem no país.

O certificado pode ser solicitado online, desde que a pessoa tenha o DNI, que é a carteira de identidade espanhola ou o NIE, que é o Número de Identificação de Estrangeiro. O documento é confeccionado nos postos de polícia, mediante apresentação de uma comprovação de residência, como matrícula em instituição de ensino ou contrato de trabalho.

Com o certificado em mãos, o benefício deve ser solicitado pelo site do Bônus Cultural Jovem, mediante preenchimento de algumas informações pessoais. Quando aprovado, o titular receberá um email de confirmação e um cheque físico ou online. A análise do pedido pode levar “vários dias”, segundo o ministério. O bônus terá validade de um ano, a contar da data que for recebido. As inscrições podem ser realizadas até o dia 15 de outubro. O investimento destinado pelo governo à iniciativa é de 210 milhões de euros.

Compartilhar