Com queda de 20,4% no PIB, Reino Unido entra oficialmente em recessão

Essa é a maior queda trimestral já registrada. (Foto: Dean Moriarty)

O Produto Interno Bruto (PIB) do Reino Unido teve queda de 20,4% no segundo trimestre, em comparação com os três primeiros meses do ano, e o país entrou oficialmente em recessão. Devido à crise gerada pela pandemia de Covid-19, a economia do Reino Unido está agora 17,2% menor do que era em fevereiro. Essa é a maior queda trimestral já registrada.

Conforme dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatísticas (ONS – em inglês), no primeiro trimestre, entre janeiro e março, o PIB do Reino Unido já havia registrado queda de 2,2%, mas a recessão econômica ganhou força após março, quando foi iniciado um período de confinamento nacional para tentar controlar os casos de coronavírus.

No segundo trimestre, entre abril e junho, os dados publicados mostram que o PIB encolheu 20,4% com recorde de quedas nos principais setores da economia. O setor de serviços registrou queda de 19,9%, o da indústria também caiu 20,2% e a construção teve queda de 35%.

Essa é a primeira vez em 11 anos que o Reino Unido entra oficialmente em recessão. A definição técnica de recessão se dá quando ocorrem dois trimestres consecutivos de retração do PIB.

Leia também
Reino Unido perde 730 mil empregos com a pandemia
Brexit: UE avalia como improvável acordo comercial com Reino Unido
Reino Unido flexibiliza lockdown em busca de uma possível normalidade até o Natal

Em junho, no entanto, houve alta de 8,7%, quando as medidas de confinamento começaram a ser flexibilizadas, mas o PIB ainda é 17,2% menor que fevereiro, antes dos impactos da pandemia de coronavírus.

“A economia começou a se recuperar em junho com a reabertura de lojas, fábricas começando a aumentar a produção e a construção de casas continuando a se recuperar. Apesar disso, o PIB em junho ainda permanece um sexto abaixo do nível de fevereiro”, declarou Jonathan Athow, responsável pelas estatísticas do ONS.

Além disso, a produtividade por hora no segundo trimestre também foi 2,5% menor em relação ao trimestre anterior, o que representa a maior queda desde o início dos registros no segundo trimestre de 1971. O maior impacto, 74,7%, foi no setor de hospitalidade.

O Reino Unido já perdeu 730 mil empregos desde o início da pandemia.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.