Pandemia: Reino Unido registra dia com mais mortes por Covid-19 desde Março

O Ministério da Saúde britânico reportou, nesta terça-feira (20), 96 mortes nas últimas 24h por coronavírus, número recorde desde o dia 24 de março deste ano, quando foram registrados 98 óbitos pela doença. O número representa uma alta de 60% de vítimas fatais em uma semana. O índice, segundo a metodologia de contagem utilizada no Reino Unido, apura os óbitos de pessoas infectadas que morreram dentro do prazo de 28 dias depois do primeiro teste positivo para a doença.

Além das mortes, a média de novos casos de Covid-19 em território britânico nesta semana é de 47 mil, uma alta de 42%, se comparado ao mesmo período na semana passada. O aumento nos índices é atribuído à variante delta, que é considerada mais contagiosa e prevalece atualmente no Reino Unido. Em função da cepa indiana, países como Portugal e Espanha adotaram restrições contra os turistas britânicos, que precisam cumprir quarentena de 14 dias na ausência de comprovante de vacinação ou teste negativo para a doença.

O rápido crescimento de novos casos e óbitos por coronavírus em solo britânico acontece em meio à liberação das medidas restritivas pelo primeiro-Ministro Boris Johnson na última segunda-feira (19). De acordo com o novo decreto, não há mais limite para o número de pessoas reunidas em espaços internos ou externos, não é mais recomendado o trabalho remoto, as casas noturnas podem funcionar normalmente, assim como teatros e cinemas, que agora operam com a capacidade total. Além disso, o uso de máscara e distanciamento social não são mais obrigatórios. As autoridades locais aconselham, no entanto, que empresas de eventos adotem o uso de certificados de Covid-19 para frear a propagação do vírus.

De acordo com os dados divulgados pelo governo britânico, quase 70% da população adulta já recebeu as duas doses da vacina contra o coronavírus. O Reino Unido soma cinco milhões de pessoas infectadas por Covid desde o início da pandemia e mais de 128 mil mortes em função da doença.

Compartilhar