Portugal: Governo relaciona calor intenso a 380 mortes em julho

Máximas passaram dos 40° C nesta semana.
Foto: Freepik


As altas temperaturas registradas neste mês de julho em Portugal provocaram grande número de mortes no país. Entre os dias 05 a 14 de julho foram 388 mortes relacionadas ao calor. A informação é da diretora geral de saúde, Graça Freitas. Em conferência de imprensa na tarde de sexta (17), ela destacou que “quase todos os óbitos estão relacionados com dias de intenso calor”. A temperatura máxima chegou a 41,2° C nesta semana em Évora, na região Central do país. Nas demais, não baixou dos 38° C, conforme dados do Centro de Meteorologia.

Segundo o portal Vigilância da Mortalidade, a faixa etária mais atingida pela mortalidade são as pessoas acima dos 75 anos. O recorde de mortes neste mês foi em 14 de julho, quando morreram 117 idosos. Ainda segundo o mesmo portal, o total de mortos em nesta quinzena foi de 4.721 pessoas, o que corresponde a 673 a mais do que o período do ano passado. É também o maior número de óbitos gerais desde 2013.

Recomendações da DGS

Em duas das três conferências de imprensa desta semana Graça Freitas alertou sobre os perigos das altas temperaturas para a saúde. A diretora chamou atenção para a redobrada de cuidados, especialmente em idosos, crianças e grávidas. A recomendação da DGS é beber bastante líquidos, especialmente água e sucos, além de evitar o consumo de bebidas alcoolicas. Para aquelas pessoas que trabalham expostas ao sol, ela reforçou a importância de hidratar-se e utilizar roupas que protejam a pele, além de acessórios como óculos e chapéu.

Leia também

Portugal mantém as restrições para ingresso de voos brasileiros
 Portugal: governo emite alerta máximo e combate incêndios florestais

Mortes por Covid-19

Em relação à Covid-19, o número de mortes nos primeiros 15 dias de julho foi 92. Destas, 86 foram pessoas acima dos 70 anos, conforme dados da DGS. Até o momento são 1.129 mortos nesta faixa etária em Portugal.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.