Lisboa é eleita um dos ’21 Lugares do Futuro’

Lisboa é a cidade de Portugal que mais abriga imigrantes.
Foto: Mark Law / Unsplash


A cidade de Lisboa, escolhida por muitos brasileiros para viver, foi considerada é um dos “21 Lugares do Futuro”, de acordo com levantamento divulgado hoje (24) pela Cognizant, empresa americana de tecnologia. A Capital portuguesa foi eleita entre 121 cidades de todo o mundo.

O estudo a classifica como “sofisticada e sustentável”, destacando a infraestrutura local e a facilidade de acesso aos meios de transporte. A variedade de casas noturnas e restaurantes, que oferecem culinária de todo o mundo, também foram pontos levados em consideração para a escolha.

A maior cidade de Portugal é também a que mais abriga imigrantes. De acordo com o último Relatório de Imigração e Asilo, Lisboa concentra 260 mil dos mais de 590 mil estrangeiros que residem legalmente no país.

Em relação ao trabalho, Lisboa é avaliada como destino ideal para trabalhadores e empresários do setor de tecnologia: “Com sua qualidade de vida incomparável, e sua dedicação para aumentar a qualidade e a quantidade de criativos e talento digital, Lisboa promete tornar-se um líder no futuro do trabalho para a Europa e o mundo”, ressalta a publicação.

Outro ponto positivo da cidade, conforme o estudo, é que foram diminuídas, nos últimos anos, as burocracias para criação de novas empresas: “Hoje, é possível criar uma empresa em 45 minutos, sem taxas para licenciamento comercial”, salienta a Cognizant. As facilidades implementadas fazem com que Lisboa tenha um crescimento expressivo de startups: “O ecossistema de startups de Portugal está crescendo duas vezes mais rápido que a média europeia”, destaca o comunicado da empresa tecnológica.

Na Europa, também foram eleitas como “Lugares do Futuro” a capital da Estônia, Tallin, e a cidade de Dundee, na Escócia. A Cognizant utilizou na classificação dados do Fórum Econômico Mundial, do Projeto de Justiça Global e de um método próprio de pesquisa, baseado em pontuações, que levam em consideração parâmetros como estabilidade política, acessibilidade e infraestrutura.

Leia mais:
– Portugal: imigração libera renovação automática de 16 mil residências
 União Europeia exclui de “passe livre” vacinados residentes no Brasil
 Lisboa oferece transporte de táxi gratuito para idosos se vacinarem

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.