Covid-19: Europol prende suspeitos de tratamento ilegal de lixo contaminado

Na Espanha, autoridades prenderam 20 pessoas nas ações de fiscalização.
Foto: Europol / Divulgação

Uma operação do Serviço Europeu de Polícia (Europol) desarticulou nesta segunda-feira (30) um esquema de irregularidades no tratamento de lixo sanitário na Europa. Foram presas mais de 100 pessoas em vários países europeus, sendo 20 prisões na Espanha e 30 em Portugal.

Batizada de “Retrovírus”, a ação foi iniciada logo após o início da pandemia de coronavírus, quando o órgão “identificou o crescimento potencial do tratamento e eliminação ilegais de resíduos sanitários”.

No país espanhol, uma empresa que opera em seis cidades é acusada de não realizar o tratamento correto do lixo contaminado: “Para aumentar os lucros, a empresa reduziu o tempo de tratamento e isso fazia com que os resíduos não fossem devidamente esterilizados antes do descarte”, explica a polícia.

Riscos para a saúde pública

Conforme o órgão, a esterilização em alta pressão é necessária para eliminar todos os componentes tóxicos, por isso o trabalho das entidades contratadas “gerava riscos elevados para a saúde pública”. A Guarda Civil Espanhola ainda irá investigar os tratamentos de filtração da água para poluentes e a possível presença de Covid-19.

Em Lisboa, no grupo em que a empresa espanhola tinha ligações, foram apreendidos bens nos valores de 790 mil euros. No país, foram fiscalizados mais de dois mil locais, entre hospitais, centros de saúde e outros estabelecimentos.

Na República Tcheca, Polônia, Romênia e Eslováquia, policiais analisaram resíduos sendo transportados. “Autoridades verificaram as cargas e identificaram carregamentos ilegais, que foram então devolvidos ao seu país de origem”, destaca o comunicado da Europol.

Foram emitidas pelas autoridades de 800 sanções administrativas por crime ambiental e contra a saúde pública, além de irregularidades trabalhistas. Ao todo, a “Retrovírus” contou com a participação de 30 países europeus.

Leia mais:
– Brasil é o país da América com mais vistos aprovados na Europa
– Brasileiras encontram suporte de voluntárias na luta contra violência doméstica
 Covid-19: Espanha exige teste negativo para passageiros do Brasil

Compartilhar

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.