Irlanda vai retomar aulas presenciais de inglês para estudantes no país

As instituições de ensino, no entanto, ainda não poderão recrutar estudantes que vivem fora do país. Foto: Canva.

As escolas de ensino da língua inglesa poderão reabrir as portas aos estudantes estrangeiros a partir desta segunda-feira (19), na Irlanda. A decisão foi reforçada, neste domingo (18), pelo Ministério da Educação do país e acompanha o plano nacional de Resiliência e Recuperação à Covid-19 irlandês. As instituições de ensino, no entanto, ainda não poderão aceitar estudantes que vivem fora do país para as aulas presenciais.

O governo irlandês pede que as escolas realizem uma “retomada presencial segura para grupos pequenos e limitados para atender às necessidades do grupo existente de alunos deste setor” e diz que a reabertura não é obrigatória. Caso queiram reabrir, as instituições de educação de língua inglesa (ELE, sigla em inglês) devem realizar uma consulta prévia aos alunos e funcionários dos locais. A lista de escolas aptas a reabrirem pode ser consultada diretamente no site da Coordenação e Credenciamento de Serviços de Língua Inglesa (ACELS), que regula a qualidade de ensino do setor.

Decisão é criticada

A decisão do governo irlandês não foi bem aceita por educadores de idiomas do país. A categoria afirma que a reabertura das instituições de ensino não é segura no momento. Nesta segunda (19), professores prometem realizar um protesto contra a medida.

Nesta semana, o deputado Mick Barry (Solidariedade) também criticou a reabertura das instituições. O parlamentar afirma que “o governo [irlandês] está colocando o lucro antes das pessoas nas escolas de inglês”.

Três dias consecutivos com mais de mil casos

A Irlanda registrou, neste domingo (18), 1.179 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas. Esta é a terceira vez consecutiva que o país contabiliza mais de mil infecções em apenas um dia. Na última sexta (18), o Ministério da Saúde irlandês somou 1.173 casos. Ontem (17), mais 1.377. Ao todo, são 3.729 novos diagnósticos positivos para a doença em apenas 72 horas.

Atualmente, o governo irlandês está convocando pessoas de 25 a 29 anos para a vacinação contra Covid-19. Os grupos abaixo desta faixa-etária também podem entrar na fila das farmácias locais para receber a vacina da Janssen. Até o momento, já foram administradas 5,1 milhões de vacinas contra coronavírus no país. Ao todo, 55% da população adulta (16 a 59 anos) já recebeu pelo menos uma dose dos imunizantes, segundo dados do Ministério da Saúde irlandês.

Compartilhar