Irlanda libera vacinação para menores de 35 anos na próxima segunda

A Irlanda vai acelerar o processo de vacinação para pessoas com menos de 35 anos a partir da próxima segunda-feira (5). A decisão foi anunciada pelo governo irlandês na manhã desta sexta (2) e pretende frear a proliferação da variante Delta no país.

A partir da próxima semana, pessoas entre 18 e 34 anos de idade poderão se candidatar para receber a vacina Janssen em uma das 700 farmácias credenciadas do país, cujo agendamento pode ser realizado por contato direto com o estabelecimento mais próximo do local de residência do candidato. Já as pessoas entre 30 e 34 anos que desejarem receber um imunizante mRNA, como as vacinas da Pfizer-BioNTech ou Moderna, terão de esperar até o dia 9 de julho para se candidatarem às doses. As inscrições, neste caso, poderão ser realizadas diretamente pelo site do Sistema Nacional de Saúde irlandês (HSE, sigla em inglês).

O governo afirma ainda que os interessados em participar do processo acelerado de vacinação no país, recebendo a vacina Jansen ou AstraZeneca, terão de assinar um termo de consentimento sobre os raros riscos colaterais que podem ser provocados pelos imunizantes:

“Mecanismos de consentimento serão colocados em prática pelo HSE [Sistema Nacional de Saúde] para garantir que qualquer pessoa com menos de 35 anos de idade que deseje ter acesso antecipado à vacinação por meio da administração de uma vacina AstraZeneca ou Janssen seja devidamente informada sobre os raros efeitos colaterais associados ao vetor adenoviral vacinas.” – diz o comunicado oficial.

As vacinações aceleradas, através dos Centros de Imunizações do país, iniciarão o registro de candidatos entre 18 e 34 anos a partir do dia 12 de julho, caso o interessado não deseje receber a vacina em uma farmácia. Nos Centros, no entanto, também serão oferecidos imunizantes da AstraZeneca.

“Tem sido uma semana difícil para todos nós, especialmente com a maior consciência da variante Delta e o possível impacto dessa tensão em nossas comunidades. Mas foi uma semana particularmente difícil para os jovens deste país, que ainda não foram ofereceu uma vacina” – lamentou o ministro da Saúde, Stephen Donnelly.

Dados recentes do Ministério da Saúde irlandês mostram elevado risco de circulação da variante Delta em, pelo menos, duas regiões do país: Donegal e Waterford. Em ambos locais, o número de infecções de coronavírus por 100 mil habitantes já supera 200 casos, enquanto a média nacional é de 101 para o mesmo groupo.

Compartilhar

1 Comment

Não é possível deixar seu comentário no momento.