Madri: Retiro e Paseo del Prado são eleitos Patrimônio Mundial pela Unesco

Fuente de Cibeles é destaque no Paseo del Prado. Fonte: Canva

A partir deste domingo (25),  um ponto bem conhecido dos madrilenhos passa a figurar como Patrimônio Mundial da Unesco. O trajeto entre o Paseo del Prado e o Parque El Retiro, inscrito como “Paisagem de Luz”, foi escolhido, por unanimidade, para integrar a lista das regiões de fundamental importância para a humanidade. Até então, apenas o Rio de Janeiro liderava como Patrimônio Mundial na categoria Paisagem Cultural Urbana, título conquistado em 2012 com o projeto “Rio de Janeiro: Paisagens Cariocas entre a Montanha e o Mar”.

Ao todo, o Tribunal da Unesco e os membros do Icomos – Conselho Internacional de Monumentos e Sítios – avaliaram as propostas dos 25 países candidatos para entrar na lista como um bem mundial. O resultado foi anunciado, virtualmente, desde Fuzhou, na China, durante a 44ª sessão do Comitê do Patrimônio Mundial da Unesco.

Esta é a primeira vez que Madri conquista esta posição na lista mundial da Unesco, mas é o quinto reconhecimento da Comunidade de Madri , que já figura com a cidade serrana de Hayedo de Montejo, como Patrimônio Natural da Humanidade; e a universidade e o centro histórico de Alcará de Henares, o Mosteiro de El Escorial e a cidade de Aranjuez como Patrimônio Cultural.

O roteiro de Madri passa a constar na lista com outros locais conhecidos na Europa, como o Farol de Cordouan, na França, a Colônia de Artistas de Darmstadt em Mathildenhöhem, na Alemanha, e os ciclos de afrescos do século XIV de Pádua, na Itália.

Para conquistar o título concedido pela Unesco, cada país participante teve que demonstrar a excepcionalidade de sua candidatura, durante um processo que durou mais de um ano. Cada proposta precisava obter 14 votos para conquistar o selo de Patrimônio Mundial, o que significa dois terços do total do tribunal.

Algumas autoridades da capital espanhola estiveram reunidas no Museo del Prado neste domingo para acompanhar o resultado. Entre elas, o prefeito de Madri, José Luis Martínez-Almeida; o Delegado da Área de Governo da Cultura, Turismo e Desporto de Madri, Andrea Levy; o Diretor-Geral do Patrimônio Cultural, Luis Lafuente; a Presidente da Comunidade de Madri, Isabel Díaz Ayuso, e o Ministro da Cultura e do Desporto, Miquel Iceta.

Paseo del Prado

Segundo a Comunidade de Madri, o Paseo del Prado “é o primeiro dos passeios urbanos arborizados europeus”. O trajeto abriga edifícios emblemáticos da capital, como o Museo del Prado, a Fuente de Cibeles, a Casa de Correos, o Banco de España, a Casa de América, o Cuartel General del Ejército de Tierra, o Museo Thyssen-Bornemisza e o Congreso de los Diputados.   

Todo o trajeto do Paseo del Prado até o Parque El Retiro, soma 190 hectares, em pleno centro da cidade, dos quais 75% são espaços verdes.

Além da presidente da Comunidade de Madri, Isabel Díaz Ayuso, outras personalidades espanholas usaram as redes sociais para cumprimentar a cidade por mais esta distinção.

Compartilhar

1 Comment

Não é possível deixar seu comentário no momento.