Barcelona reduz lotação das praias

Capital catalã é um dos principais destinos turísticos da Europa


A prefeitura de Barcelona reduziu em 15% a capacidade das praias da cidade. Isso representa cerca de 6 mil pessoas a menos, já que o total estimado é de 40 mil. A medida é mais uma ação para tentar conter o aumento de novos focos de Covid—19 na Catalunha.

As autoridades já vinham fazendo o controle do público na orla nos últimos finais de semana, fechando acessos quando os locais se aproximaram da lotação máxima. Foram instaladas cordas para cercar a faixa de areia e garantir que os banhistas acessem a beira-mar apenas pelos pontos de controle.

Policiais também exigem o uso de máscaras nos passeios públicos próximos a costa, embora na areia o uso não seja obrigatório. O sistema de som reitera as medidas de distanciamento e prevenção a todo instante, mas apenas em catalão e espanhol.

Neste site é possível consultar a ocupação das praias em tempo real e acompanhar imagens ao vivo das cameras de monitoramento.

Turismo coloca estratégia em encruzilhada 

Embora o governo tenha solicitado que a população volte a reduzir os deslocamentos apenas ao necessário, a temporada de turismo começa a trazer estrangeiros atraídos justamente por mar e calor.

Diante deste cenário, as praias devem seguir abertas, ao menos nas próximas semanas. Por enquanto, as autoridades catalãs não prevêem a volta ao confinamento, mas alertam que medidas mais duras podem ser aplicadas caso persista o aumento nos novos casos.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.