Portugal reabre fronteiras do turismo para mais de 25 países europeus

Atualmente, viajantes de 27 dos 32 países que se enquadram nessa regra poderão viajar para Portugal por motivos não essenciais – Foto: Canva


Portugal vai reabrir as fronteiras do país para viagens não essenciais a partir da próxima segunda-feira (17). A informação foi confirmada na manhã deste sábado pela assessoria de imprensa do governo português. Passageiros de voos oriundos de países membros da União Europeia, do Reino Unido ou que fazem parte do Espaço Schengen poderão viajar para Portugal por motivos não essenciais, desde que a taxa de contaminação por Covid-19, no país de origem do viajante, seja inferior a 500 casos por 100 mil habitantes nos 14 dias anteriores à data do embarque.

Atualmente, segundo dados do Centro Europeu de Prevenção e Controle de Doenças (ECDC, sigla em inglês), passageiros de 27 dos 32 países (veja lista abaixo) que se enquadram nessa regra poderão, por exemplo, viajar a turismo para Portugal.

Já os “passageiros dos voos originários dos países com uma taxa de infecção igual ou superior a 500 casos por 100 mil habitantes, nos últimos 14 dias, só podem realizar viagens essenciais e têm de cumprir, após a entrada em Portugal continental, um período de isolamento profilático de 14 dias”, diz o comunicado oficial. O cumprimento da medida poderá ser realizado tanto em domicílio quanto em local indicado pelas autoridades de saúde do país. Nesta lista de países, encontram-se o Brasil, a África do Sul e a Índia, por exemplo.

A regra, no entanto, “não se aplica a passageiros que apenas tenham feito escala aeroportuária” em algum desses países. O Governo de Portugal considera que viagens essenciais são apenas aquelas “destinadas a permitir o trânsito ou a entrada em Portugal de cidadãos em viagens por motivos profissionais, de estudo, de reunião familiar, por razões de saúde ou por razões humanitárias”.

Leia também
– Paris quer proibir trânsito de carros no Centro da cidade a partir de 2022
– Itália facilita acesso para turistas não-europeus, mas deixa Brasil de fora

Para viajar para Portugal, ainda é necessário realizar o teste PCR para Covid-19 antes do embarque ao país. O exame, que deve apresentar resultado negativo para a doença e ter sido realizado até 72 horas antes da viagem, não é exigido apenas para crianças menores de 2 anos de idade. A partir da próxima segunda-feira, as companhias aéreas também passarão a ser multadas, caso permitam que passageiros embarquem para o país sem o comprovante negativo de PCR. A multa poderá variar de 500 a 2 mil euros por passageiro.

Veja lista de países cujos passageiros podem viajar a turismo para Portugal

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *