Covid-19: Irlanda intensifica restrições a restaurantes e visitas sociais

Uso de máscaras deve ser intensificado em restaurantes e locais precisam fechar até as 23h30 Foto: Phnom Penh


No mesmo dia em que 190 novos casos de Covid-19 foram registrados na Irlanda, o Governo anunciou a intensificação das restrições para reduzir a transmissão do vírus no país. Entre as medidas, estão a determinação para que restaurantes e cafés finalizem o atendimento até as 23h30 e que visitas em casa sejam limitadas a, no máximo, seis pessoas vindas de outras residências. As novas regras passam a valer imediatamente e ficam em vigência até o dia 13 de setembro.

De acordo com o primeiro-ministro irlandês, Taoiseach Micheál Martin, os especialistas em saúde pública descreveram que no momento estão ocorrendo vários surtos significativos associados a locais de trabalho, famílias e atividades sociais.

Não se trata apenas do comportamento terrível que vimos em um bar de Dublin no fim de semana. A evidência é que um grande número de pessoas está agindo como se o vírus não fosse uma ameaça para elas ou que não há problema em correr mais alguns riscos. Você pode ser jovem e saudável – mas suas escolhas afetam todas as pessoas com quem você entra em contato”, destacou Martin.

Ainda de acordo com o primeiro-ministro irlandês, até que haja de uma vacina é necessário permanecer em alerta e suprimir a transmissão do vírus.

“E para aqueles que estão perguntando se os controles realmente valem a pena – ou se de alguma forma estamos exagerando – peço que se lembrem de algo: 2.332 pessoas perderam a vida nesta ilha”, enfatizou Martin.

Veja a lista completa de restrições anunciadas pelo Governo

– Todas as empresas devem continuar a facilitar o trabalho remoto sempre que possível.
– Todas as visitas às residências serão limitadas a 6 pessoas de fora da casa e de não mais do que três famílias, tanto internas quanto externas.
– Outros encontros serão limitados a 15 pessoas.
– Restaurantes e cafés, incluindo pubs que funcionam como restaurantes, podem permanecer abertos, mas com restrições obrigatórias no horário de fechamento às 23h30.
– Eventos esportivos e partidas devem ser “às portas fechadas”, evitando-se estritamente reuniões sociais antes e depois dos eventos.
– Treinos devem seguir as orientações de seis pessoas se forem internos e 15 se forem externos.
– O transporte público deve ser evitado sempre que possível.
– No contexto do transporte privado, o uso de máscaras faciais é recomendado quando forem diferentes famílias.
– Todos os órgãos estaduais com responsabilidade pelo monitoramento, fiscalização e cumprimento intensificarão as atividades de forma integrada.
– Pessoas com mais de 70 anos ou que são clinicamente vulneráveis são aconselhadas a limitar suas interações a uma rede muito pequena de pessoas por curtos períodos, a evitar o transporte público sempre que possível e a fazer compras durante os horários designados.

O que muda para os restaurantes

– Deve-se manter detalhes de contato dos clientes para auxiliar no rastreamento.
– Todos os clientes devem estar alocados em mesas, sem permissão para sentar em bancos na frente do bar.
– As mesas devem ter no máximo de 6 pessoas sentadas.
– Nenhum evento formal ou informal ou festas devem ser organizados nestas instalações.
– Todas as mesas devem ter desinfetante para as mãos. 
Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.