Porto volta a celebrar tradicional noite de São João


Se em Lisboa a expectativa era pela volta da Festa dos Santos Populares; no Porto, a segunda maior cidade do país, moradores e turistas aguardam o retorno da noite de São João. A festividade, uma das maiores de Portugal, volta a ser realizada nesta noite (23) e se estende madrugada adentro, após dois anos de adiamentos por causa da pandemia de Covid-19.

Além de bailes nos bairros da cidade, decorados com bandeiras coloridas nas ruas e varandas, sardinhas assadas e majericos (uma espécie de manjericão, um dos símbolos do evento), a celebração terá três palcos. Às 20h, no Palácio de Cristal, ocorre a festa “Santos Noventeiros”, com shows da artista Romana e de Saúl Marante. No Largo Amor de Perdição, às 22h, Toy e José Malhoa animam o evento. Por fim, às 23h30min, Chico da Tina sobe no palco da Praça da Casa da Música.

Como é tradicional, à meia-noite ocorre a queima de fogos de artifício na Ribeira do Porto e de Vila Nova de Gaia, na beira do rio Douro. “Queríamos muito preparar um regresso que trouxesse a todos os portuenses uma sensação de normalidade que já parecia perdida”, declarou o prefeito Rui Moreira, durante o lançamento das festividades.

A Prefeitura do Porto espera receber “milhares de pessoas” nesta noite. O sistema de transportes da cidade será reforçado a partir das 20h, com funcionamento do metrô e de ônibus durante toda a madrugada.

As celebrações continuam no dia 24, feriado municipal, com concerto da Banda Sinfônica Portuguesa às 18h, na Concha Acústica dos Jardins do Palácio de Cristal. Outra atração é a Cascata Comunitária de São João, construída através de um projeto municipal, uma exposição de pequenas peças de arte coloridas em variados formatos. O local onde estão expostas é o Mercado do Bolhão até 4 de julho.

No dia 2 de julho, ocorrem as “Rusgas de São João”, uma desfile pelas ruas da cidade, onde os grupos apresentam coreografias e músicas, vestindo fantasias. Cada grupo apresenta um tema e quem agradar mais o júri é o vencedor. Até meados do próximo mês, o Porto também sedia parques de diversões, feiras e barracas com comidas típicas.

Compartilhar