Coronavírus: Portugal registra maior número de infectados dos últimos 50 dias

Governos estão atentos à evolução da pandemia Foto: Freepik

Por Amanda Lima, de Lisboa.

Portugal registrou nesta sexta 451 novos casos de Covid-19. É o maior número de infecções da doença desde 06 de maio. No total são 40.866, conforme dados da Direção Geral de Saúde (DGS).  Hoje, em declaração à imprensa, o presidente Marcelo Rebelo de Sousa, não confirmou a abertura generalizada da fronteira com a Espanha, prevista para 1° de julho.

As fronteiras estão fechadas oficialmente desde 16 de março. Segundo o presidente, “não vale a pena estar a fazer previsões sobre essa matéria”. “Pode verificar-se que num dado momento haja generalização da abertura da fronteira com Espanha”, disse Sousa, porém não confirmou a data.

Conforme Marcelo, ambos os governos estão atentos. “Obviamente ambos os Estado estão atentos à evolução da situação sanitária”, ressaltou. Ele declarou ainda que caso a decisão seja adiada, não considera um recuo. “Se se toma a medida adequada é sempre um avanço”, justificou.

Leia mais
– Coronavírus já estava na Espanha 41 dias antes de primeiro caso na China, diz Universidade de Barcelona
Multas, proibição do consumo de álcool nas ruas e aglomerações limitadas: as novas medidas em Portugal

A preocupação é quanto à evolução da pandemia no país. Na Espanha, dados do governo dão conta de 191 novas infecções hoje, em um total de 247.905 pessoas contaminadas com o vírus.

Na semana passada, o governo espanhol havia anunciado a reabertura para o dia 22 de junho, mas em novo diálogo, foi acertada a data de 1° de julho. Caso ocorra a abertura como previsto inicialmente, o local da cerimônia com as autoridades de ambos os países será entre Caia e Badajoz.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.