Pandemia: Áustria anuncia lockdown e vacinação obrigatória

O governo da Áustria anunciou hoje (19) que vai adotar o lockdown para toda a população, incluindo os vacinados, a partir da próxima segunda-feira (22). Além da decisão de iniciar o confinamento dos cidadãos, as autoridades decretaram a obrigatoriedade da vacinação no país, que entrará em vigor em 1º de fevereiro de 2022. 

Em coletiva de imprensa, o chanceler austríaco, Alexander Schallenberg, observou que a aplicação de medidas mais rigorosas se mostrou necessária em função da piora do quadro da pandemia na Áustria e do baixo índice de pessoas interessadas na imunização nos últimos dias. 

‘’Muitas pessoas entre nós não foram vacinadas, motivadas por notícias falsas espalhadas por antivacinas radicais. O resultado é a sobrecarga das unidades de terapia intensiva nos hospitais’’, lamentou Schallenberg. O líder ainda esclareceu que a determinação é ‘’para o bem de todos’’.

O bloqueio, segundo o comunicado, vai durar por, no máximo, 20 dias. Durante este período, todos os austríacos estarão proibidos de sair de casa a não ser para atividades consideradas essenciais, como ir ao supermercado, farmácia, médico ou para o trabalho (na capital, Viena, o trabalho remoto é obrigatório). As escolas permanecerão abertas, mas a recomendação é de que os alunos sejam mantidos em casa, se possível.

De acordo com as autoridades, o controle das medidas será rigoroso, e os que descumprirem as regras estarão sujeitos à multas de até 1.450 euros. “Toda a população poderá ser abordada por policiais nas ruas”, afirmou o chanceler.

Uma nova avaliação da situação epidemiológica deve ocorrer no país até o dia 13 de dezembro, quando é previsto o relaxamento das normas para os vacinados e recuperados do coronavírus. 

No dia 15 de novembro, os governantes austríacos decidiram pelo lockdown de pessoas não vacinadas em todo o território. A situação, à altura, era definida como ‘’grave’’, quando quase duas mil pessoas estavam internadas com Covid-19, número três vezes menor do que o verificado no mês anterior. Atualmente, 2.871 pacientes estão hospitalizados com a doença.

De acordo com o relatório divulgado pelo Ministério da Saúde nesta sexta-feira (19), foram registrados 26 mil novos casos de Covid-19 na Áustria. Pouco mais de 65% da população do país já recebeu as duas doses da vacina. 

Compartilhar

3 Comments

Não é possível deixar seu comentário no momento.