União Europeia aprova pacote para produção de energia renovável na Irlanda

produção de energia eólica
Investimento será feito ao longo dos próximos cinco anos. Foto: Anastasia Palagutina

A União Europeia (UE) aprovou o plano do governo irlandês que visa subsidiar a produção de energia renovável no país. O investimento é parte dos objetivos de redução de emissão de carbono e aderência ao uso de energia renovável do bloco. O Plano de Suporte à Energia Renovável (RESS, na sigla em inglês) é um esquema de investimento que desenvolverá eletricidade por meio de fontes como paineis fotovoltáicos e energia eólica.

O investimento, estimado será entre €7.2 e €12.5 bilhões, será realizado ao longo dos próximos cinco anos. O orçamento será distribuído por meio de leilões pelos quais, de acordo com o orgão, os resultados terão melhor custo-benefício para o país. A realização dos leilões terá um valor de mercado que será aplicado a todos os vencedores. Os projetos selecionados serão financiados ao longo de 15 anos.

Leia mais:
– Incêndios em Portugal: governo prorroga alerta até terça-feira
– Governo britânico anuncia 3 bilhões de libras para reforço ao sistema de saúde

O governo irlandês afirmou que, devido aos ganhos a longo prazo, a preferência será dada ao desenvolvimento de energia eólica e solar. O financiamento será recompensado por meio redução de preços aos consumidores.

Subsídio ajudará o país  atingir plano europeu

O projeto foi desenvolvido de acordo com os objetivos do European Green Deal (Plano Verde Europeu) que busca, por exemplo, o fim das emissões de gás carbônico até 2050. O bloco ainda busca mudança nos transportes, com fim do uso se combustíveis fosseis, além do desenvolvimento de uma cadeia alimentar mais responsável.

Para a Comissão Europeia, este será um passo fundamental para que o país  atinja as metas estabelecidades em direção a um futuro mais sustentável. A expectativa com o RESS é de que a Irlanda alcance até 70% de energia de fontes renováveis até 2030.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.