Irlanda registra maior temperatura dos últimos 135 anos nesta segunda

Banhistas na Vico Bathing Place, em Dalkey, Irlanda. Foto: Gabriela Guadagnin

A segunda-feira (18) foi marcada por um recorde histórico de temperatura na Irlanda, país tradicionalmente conhecido pelo clima mais ameno. Os termômetros localizados na estação meteorológica do Phoenix Park, em Dublin, marcaram 33,1ºC por volta das 15h30, no horário local. 

Para quem está em outros países europeus, onde uma onda de calor faz com que as máximas superem os 40ºC, o número não parece tão expressivo. No entanto, essa é a maior temperatura registrada nos últimos 135 anos em território irlandês, também a segunda mais alta da história, segundo dados contabilizados pela Met Éireann, o Serviço Nacional de Meteorologia da Irlanda.

A temperatura mais alta de que se tem registros no país foi observada em 26 de junho de 1887, no Castelo de Kilkenny, região sudeste da Irlanda. Com isso, o registro de 33,1ºC desta segunda é o maior já contabilizado em Dublin e, também, a temperatura mais elevada dos séculos 20 e 21, que haviam sido, respectivamente, de 32,5ºC em Boora, no condado de Offaly em 29 de junho de 1976, e de 32,3ºC em Elphin, no condado de Roscommon, em 19 de julho de 2006.

As altas temperaturas na Irlanda, não somente nesta segunda-feira (18), mas também durante o final de semana, levaram milhares de pessoas às praias. Na região de Dublin, os residentes lotaram as praias de Sutton (Burrow beach) e de Portmarnock, ao norte da cidade, e de Dalkey e Sandycove, ao sul.

Desde a última sexta-feira (15), a Irlanda está sob alerta amarelo para as altas temperaturas, emitido pela Met Éireann. Isso significa que os residentes podem enfrentar estresse por calor, especialmente as pessoas mais vulneráveis ​​da população. Além disso, há altos índices de radiação solar e aumento dos riscos de incidentes relacionados à água, como de afogamento.

O alerta permanece para esta terça-feira (19) na região de Leinster, no sudeste e leste da Irlanda, o que inclui a capital do país. A previsão é de que as temperaturas atinjam máximas entre 25 e 28 graus durante o dia.

Abastecimento de água

Já o serviço nacional de distribuição de água (Irish Water, em inglês) reforçou, nesta segunda (18), o pedido para que a população faça o uso responsável da água mesmo com o clima quente. O objetivo é que haja economia para evitar a necessidade de racionamento no final do verão. 

Segundo a empresa pública, desde a semana passada foi observado um “um aumento notável, particularmente em resorts à beira-mar e áreas agrícolas, com a demanda provavelmente permanecendo alta até julho e agosto”. A Irish Water destacou que, atualmente, existem 12 áreas do país com maior risco de seca, concentradas principalmente nas regiões sudeste e central do país. 

Em Dublin, os índices de suprimento de água são considerados saudáveis, com um aumento de apenas 4% da demanda nos últimos dias. Nos locais com risco para o abastecimento, a empresa  enfatizou que está utilizando caminhões-tanque ou restrições de uso noturno.

Compartilhar