Irlanda: mais de 130 pessoas são multadas em €500 por viagens para fora do país


Mais de 130 pessoas foram multadas em €500 por realizar viagens não essenciais para fora da Irlanda no mês de fevereiro. As penas foram aplicadas pela polícia irlandesa (Garda Síochána) nos primeiros onze dias do mês. Na próxima semana, no entanto, o valor da multa pode ficar ainda maior, passando para €2 mil, conforme declaração do primeiro-ministro (Taoiseach), Micheál Martin, ao parlamento irlandês na última quarta-feira (10).

No Nível 5 das restrições aplicadas na ilha, a população só pode transitar dentro do perímetro máximo de 5 quilômetros do endereço residencial. Ir além deste limite só é permitido em casos excepcionais, como motivos de saúde ou trabalho. Nem todos os residentes, no entanto, tem seguido a recomendação pública. Do início de janeiro a 11 de fevereiro, 4.911 pessoas foram multadas em €100 cada uma por descumprirem a restrição de circulação.

A não utilização de máscara facial em locais cobertos ou estabelecimentos essenciais, como mercados e farmácias, também resultou em pena de €100 a 111 pessoas no mesmo período. O total é similar aos 116 infratores multados em €500 por organizar eventos durante o lockdown. Por outro lado, 498 pessoas também foram submetidas ao pagamento de €150 por atenderem aos eventos temporariamente proibidos na Irlanda.

As multas aplicadas pela polícia irlandesa durante o mês de fevereiro somam quase €700 mil.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *