França amplia estado de alerta no país devido às chuvas

A última atualização do Serviço Meteorológico e climático da França, o Météo-France, às 16h desta quarta-feira (15), colocou mais três departamentos em alerta laranja devido às fortes chuvas e inundações que atingem o sudeste do país desde a manhã de ontem (14). Agora, são oito territórios sob vigilância, contra cinco na atualização realizada na manhã de hoje. Mais chuvas são esperadas para as próximas horas na região.

Além dos estragos provocados pelo temporal, a polícia localizou, na manhã de hoje, um homem de 65 anos que havia desaparecido em meio à enchente na cidade de Aimargues na tarde de terça-feira. De acordo com a Prefeitura do departamento de Gard, o idoso foi encontrado “são e salvo”. “Ele encontrou refúgio no momento da subida das águas”, complementou o perfil da prefeitura pelo Twitter.

Os oito departamentos sob vigilância são: Hérault, Gard, Ardèche, Drôme, Isère, Savoie, Haute-Savoie e Ain. “Muitas casas foram danificadas, rodovias cortadas”, explicou o porta-voz do governo francês, Gabriel Attal, na tarde desta quarta-feira.

Estado de Catástrofe Natural será declarado

O Ministro do Interior, Gérald Darmanin, esteve no local das enchentes na tarde de ontem (15) e anunciou que um Estado de Catástrofe Natural será declarado no país na próxima semana. Os prejuízos das pessoas atingidas serão reconhecidos pelas autoridades do país, segundo Gabriel Attal: “O governo estará ao lado das vítimas ao longo de todo o processo, como estará ao lado da coletividade local para reparar os danos dessa inundação”, declarou.

Atualmente, 750 bombeiros trabalham ajudando no deslocamento de moradores e na limpeza dos locais, principalmente no departamento de Gard, o mais afetado pelas tempestades.

A circulação de trens entre as cidades de Lunel e Nîmes está interrompida e sem previsão de retorno até o fechamento desta reportagem.

Compartilhar

1 Comment

Não é possível deixar seu comentário no momento.