Nova companhia aérea italiana inicia operações com 59 destinos

Às 6h20 da manhã de hoje (15), no horário italiano, a mais nova companhia aérea estatal do país, ITA Airways, alçou o primeiro voo. O Airbus A320 decolou de Milão em direção a Bari, no Sul da Itália. A viagem marcou também o início das operações da empresa, que substitui a falida Alitalia, cujas atividades foram encerradas nessa quinta-feira (14).

A empresa vai operar uma rede de 44 destinos e 59 rotas, número que será ampliado para 74 e 89, respectivamente, até 2025, conforme planeja a nova estatal italiana. Inicialmente, 30% dos voos da companhia serão domésticos e 70%, internacionais. São Paulo, por enquanto, é a única cidade brasileira na lista de destinos da empresa, mas a previsão é de que voos só sejam realizados a partir de março de 2022.

“A nova marca e as novas cores das nossas aeronaves são o símbolo da mudança, do início de uma aventura diferente. Descontinuidade não significa negar o passado, mas evoluí-lo para que esteja em sintonia com os tempos, com um novo cenário competitivo, com novos clientes e necessidades a satisfazer” – comemora Alfredo Altavilla, presidente da ITA Airways.

Ao todo, a estatal inicia as operações com 2,8 mil funcionários, sendo 1,5 mil tripulantes. Aproximadamente, 70% dos trabalhadores da ITA são oriundos da recém falida Alitalia. Embora tenha herdado os funcionários, a nova companhia terá cores diferentes da antiga empresa. Os aviões da ITA terão a cor azul claro, com as listras da bandeira italiana no estabilizador vertical (traseiro) das aeronaves.

Compartilhar