Economia: União Europeia projeta queda de 8,3% em 2020

bandeira união europeia
Economia do bloco sofreu queda no primeiro semestre. Foto: Markus Spiske

A pandemia de Covid-19 teve forte impacto na economia da União Europeia (UE)  no primeiro semestre de 2020. Relatório divulgado pela Comissão Europeia prevê que a economia do bloco deve ter queda no Produto Interno Bruto (PIB) de 8,3% até o fim do ano, contração maior do que a projetada anteriormente, de 7,7%.

“Essa previsão mostra os efeitos econômicos devastadores dessa pandemia. A resposta política em toda a Europa ajudou a amortecer o golpe para os nossos cidadãos, mas continua sendo uma história de crescente divergência, desigualdade e insegurança”, afirmou Paolo Gentiloni, comissário de Economia da UE.

Leia mais:
– Aplicativo para rastrear casos de Covid-19 é lançado na Irlanda
– Europa: veja os números atuais da pandemia nos 20 países mais turísticos

Apesar de a pandemia não ter acabado mundialmente e ainda haver possibilidade de uma segunda onda de contaminação nos países que não estão mais em confinamento, a expectativa é de que o pior já tenha passado.

De acordo com o relatório, os meses de março a junho foram o período em que a economia foi mais afetada, devido a restrições mais severas nas atividades econônicas. Em abril, um dos meses mais críticos da pandemia, a economia na zona do euro operava 25%-30% abaixo de sua capacidade total.

O país com maior previsão de queda do PIB é a Itália (-11,2%), seguida por Espanha (-10,9%) e Croácia (-10,8%).

O crescimento econômico dos países da UE também depende dos países fora do bloco. A perda de cerca de 160 milhões de empregos nos países não-Europeus que integram o G-20, devido à pandemia, afetou setores essenciais, como transporte, turismo e manufatura.

Mesmo com os desafios, o segundo semestre deve ser de melhora gradual. Para 2021, a previsão de crescimento para o bloco é de 5,8%, número menor do que o divulgado em maio, de 6,1%.

Previsão do PIB por país

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.