Pais de Madeleine McCann mantêm esperança de encontrá-la após 14 anos

Madeleine desapareceu há 14 anos na Praia da Luz, em Portugal. (Foto: Divulgação/Find Madeleine)

Desaparecida desde 2007, Madeleine McCann completaria 18 anos neste mês, e os pais da menina publicaram uma mensagem dizendo que ainda têm esperança de encontrar a filha viva. A investigação segue considerando ela como desaparecida.

Conforme Kate e Gerry McCann, este ano é particularmente comovente: “Todo mês de maio é difícil – uma lembrança de anos passados, de anos juntos perdidos ou roubados. Este ano é particularmente comovente, pois deveríamos estar comemorando o 18º aniversário de Madeleine”, diz o comunicado.

“A pandemia de Covid-19 tornou este ano ainda mais difícil por muitos motivos, mas felizmente a investigação para encontrar Madeleine e seu sequestrador continuou. Mantemos a esperança, por menor que seja, de que veremos Madeleine novamente”, frisa o texto.

“Como já dissemos várias vezes, precisamos saber o que aconteceu com nossa adorável filha, aconteça o que acontecer”, destaca o comunicado, que também agradece à polícia por seus esforços contínuos na investigação.

O desaparecimento

A menina inglesa desapareceu em 3 de maio de 2007 enquanto passava férias com a família na Praia da Luz, região do Algarve, em Portugal. Na época, Madeleine estava prestes a completar quatro anos de idade.

Madeleine desapareceu enquanto dormia com os irmãos, Sean e Amelie, em um quarto de hotel. Os pais jantavam com amigos em um restaurante próximo do local.

Desde o desaparecimento, o caso ganhou grande visibilidade pública e mobilizou autoridades em Portugal, Inglaterra e Alemanha na busca por informações.

A investigação

Após 14 anos de desaparecimento, a investigação para encontrar Madeleine permanece aberta e contínua. Conforme a família, ainda não há provas de que Madeleine está morta, portanto a investigação é mantida considerando ela como uma pessoa desaparecida.

Em junho do ano passado, detetives que lideram as investigações em Londres fizeram um novo apelo público por informações. Isso aconteceu após autoridades alemãs identificarem um homem como suspeito do desaparecimento da menina.

De acordo com a Polícia Metropolitana de Londres (Met), que atua através da Operation Grange, um homem alemão, atualmente com 44 anos, foi identificado como suspeito e preso na Alemanha. Este homem é branco, loiro, de olhos azuis, e viveu no Algarve entre 1995 e 2007.

A polícia trabalhava para revelar detalhes de dois veículos aos quais o suspeito teve acesso no período do desaparecimento de Madeleine. Além disso, as autoridades tentavam identificar dois números de telefone usados na região. O suspeito já tinha condenações por contato sexual com meninas.

Madeleine desapareceu enquanto dormia com os irmãos em um quarto de hotel. (Foto: Divulgação/Find Madeleine)

Na época, os pais de Madeleine reafirmaram em um comunicado que nunca perderam a esperança de encontrar a filha viva. Segundo eles, independente do resultado da investigação, descobrir a verdade seria a forma de encontrar paz.

“Tudo o que sempre desejamos é encontrá-la, descobrir a verdade e levar os responsáveis ​​à justiça. Nunca vamos perder a esperança de encontrar Madeleine viva, mas seja qual for o resultado, precisamos saber, pois precisamos encontrar paz”, escreveram.

Quem tiver informações pode entrar em contato com a polícia inglesa através do número (+44) 02073219251 ou do e-mail [email protected] A família também pode ser contata pelo [email protected]

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.