Inglaterra libera encontro de até seis pessoas a partir de segunda-feira

Grupos de até seis pessoas poderão se reunir em um ambiente aberto. Foto: Canva

A partir de segunda-feira (29), grupos de até seis pessoas ou de duas famílias diferentes poderão se encontrar em um ambiente aberto, incluindo jardins privados, na Inglaterra. A medida faz parte da primeira etapa prevista no roteiro criado pelo governo britânico para flexibilizar o lockdown no país.

Apesar de muitas restrições ainda permanecerem em vigor, o pedido do governo para que as pessoas fiquem em casa será encerrado. A recomendação, no entanto, é de que a população permaneça local ou trabalhe de casa, se isso for possível.

Instalações esportivas ao ar livre, como quadras de tênis, piscinas e campos de golfe, serão reabertas. Além disso, as pessoas estarão autorizadas a participar de esportes formalmente organizados ao ar livre.

Pubs e restaurantes continuam fechados, permanecendo aberta apenas a possibilidade de pedidos takeaway. Viagens ainda não serão autorizadas e, conforme sinalizou o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, seguindo a recomendação de especialistas em saúde do governo, ainda é “muito cedo” para saber quando isso será possível.

A última etapa do roteiro de flexibilização das medidas contra Covid-19 está prevista para 21 de junho, quando todas as limitações de contato social serão retiradas e casas noturnas e festivais poderão recomeçar na Inglaterra, mas um teste de Covid-19 será exigido para entrada.

Mais de 30 milhões de vacinados

As medidas entram em vigor no momento em que o Reino Unido possui mais de 30 milhões de vacinados no território com a primeira dose da vacina – 3 milhões deles em Londres. A meta do governo britânico é oferecer a primeira dose da vacina a todos os adultos até o final de julho deste ano.

A Grã-Bretanha continua no topo da lista (86%) de lugares onde as pessoas dizem estar dispostas a tomar a vacina contra Covid-19.

Queda no número de mortes

O número de mortes por Covid-19 também apresentou uma queda drástica no Reino Unido. Nesta sexta-feira (26), foram contabilizadas 70 mortes por coronavírus, mas no início deste ano o território enfrentava recordes diários desde o início da pandemia, sendo que em 20 de janeiro 1.610 mortes foram reportadas após 28 dias de um teste positivo.

Leia mais:
Êxodo recorde: Reino Unido perde mais de um milhão em população na pandemia
Quarentena em hotéis da Inglaterra custará 1.750 libras por viajante

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *