Facebook anuncia contratação de 10 mil profissionais na União Europeia

[simpla-author-box]
O Facebook anunciou que pretende contratar 10 mil pessoas na União Europeia (UE) nos próximos cinco anos. De acordo com comunicado oficial da empresa, os postos serão para profissionais “altamente qualificados”. O Facebook ainda não deu detalhes sobre quais países do bloco serão beneficiados e como será o processo de seleção, mas destacou que as contratações serão “em toda a UE”.

Os novos profissionais irão atuar no “metaverso”, que a gigante de tecnologia define como uma nova plataforma de comunicação a partir da realidade virtual: “Ao criar um maior senso de presença virtual, a interação online pode se tornar muito mais próxima da experiência de interagir pessoalmente”, explica o Facebook.

De acordo com o comunicado, os europeus atuarão na criação do “metaverso” desde o início. A empresa ainda anunciou a cooperação com empresas, desenvolvedores, criadores e legisladores da Europa.

O Facebook explica que a escolha da União Europeia se dá pela confiança na “força tecnológica europeia e no potencial do talento tecnológico europeu”. A empresa ainda cita que o continente é um dos principais mercados de atuação, uma vez que possui milhares de usuários das redes, além de já empregar funcionários.

A gigante americana também acredita que a UE tem uma “série de vantagens” que a torna um bom lugar para realizar investimentos, além do mercado de consumo e universidades de qualidade que formam “talentos de alta qualidade”.

O Facebook ainda elogia a legislação do bloco sobre a utilização da internet: “Os legisladores europeus estão liderando o caminho para ajudar a incorporar valores europeus como a liberdade de expressão, privacidade, transparência e os direitos dos indivíduos no trabalho diário da Internet. O Facebook compartilha esses valores e tomamos medidas consideráveis ​​ao longo dos anos para defendê-los”, ressalta a direção da empresa.

O comunicado ainda pontua que o Facebook irá trabalhar com os governos do Estados-Membros para “para encontrar as pessoas certas e os mercados certos”, como parte do processo de recrutamento dos novos profissionais. A rede social, que já emprega outros profissionais em países europeus, dispõe de um site para recrutamento dos trabalhadores.

Compartilhar