Reino Unido anuncia “corredores de viagem”, mas deixa Brasil e Portugal de fora 

A lista completa conta com mais de 50 países. (Foto: Daniel Klein)


O Reino Unido anunciou “corredores de viagem” que anulam a obrigatoriedade de quarentena para quem retornar ao território da Inglaterra a partir de 10 de julho. A lista completa de países isentos do isolamento de 14 dias foi divulgada nesta sexta feira (3) e abrange mais de 50 territórios, mas Brasil e Portugal foram deixados de fora por não serem considerados seguros em relação ao Covid-19.

As orientações oficiais garantem que, a partir de 10 de julho, pessoas poderão viajar ou parar em países e territórios que constam na lista sem precisar se auto-isolar ao retornar à Inglaterra. A medida vale para viagens de trem, balsa, ônibus, avião ou qualquer outra rota.

Quem visitar ou parar em um país que não esteja na lista de corredores de viagens, terá que se auto-isolar por 14 dias ao desembarcar na Inglaterra. A obrigatoriedade do período de quarentena está em vigor desde 8 de junho.

Lista será mantida sob revisão

A lista de corredores de viagem será mantida sob revisão. Dessa forma, se as condições de contaminação por coronavírus piorarem nos países e territórios envolvidos, a quarentena poderá ser novamente requerida.

Outros territórios isentos

Conforme o Departamento de Transporte, outros 14 territórios ultramarinos britânicos serão adicionados à lista nos próximos dias, após discussões adicionais entre o Reino Unido e parceiros internacionais.

A Irlanda já está isenta porque faz parte da Common Travel Area (área de viagem comum), assim como as Ilhas Anglo-Normandas e a Ilha de Man.

Além disso, informações para viagens à Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte serão publicadas em separado.

Veja a lista completa divulgada pelo governo britânico:

Leia mais
Reino Unido: escolas reabrem em setembro com sistema de “bolhas” de proteção
Inglaterra reabre bares e restaurantes a partir de 4 de julho

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.