Inglaterra: Leicester retoma medidas de confinamento 

Leicester é a primeira cidade inglesa a retomar medidas de confinamento. (Foto: Matt Seymour)

Apesar da ambição do governo britânico apresentada nos planos para a retomada da economia nesta terça-feira (30), uma segunda onda de contaminação por coronavírus é uma realidade que galopa há pouco mais de 100 quilômetros de Londres, capital inglesa. Na cidade de Leicester, na Inglaterra, o governo teve que adotar novamente medidas restritivas isoladas devido a um pico de novos casos de contaminação.

Como medidas iniciais para retomada do confinamento, lojas foram fechadas novamente no município nesta terça-feira e escolas devem fechar na próxima quinta-feira. Além disso, a população foi orientada a evitar viagens que não sejam essenciais.

Durante o seu discurso hoje em Dudley, o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, disse temer que os perigos trazidos pelo Covid-19, como pode ser visto em Leicester, mas que conta com o apoio da população diante da “necessidade de uma disciplina coletiva” para manter o vírus à distância.

O lockdown foi anunciado em 23 de março na Inglaterra, mas as regras têm sido flexibilizadas nas últimas semanas. Desde então, foi autorizada a retomada do comércio de lojas e shopping centers, interação entre pessoas em grupos de até seis pessoas e, em 4 de julho, deve ocorrer a abertura de pubs, restaurantes e cinemas.

Os desdobramentos acontecem enquanto o Reino Unido contabiliza mais de 43 mil mortos pelo Covid-19 e registra 312,6 mil infectados.

Leia mais
Reino Unido: Boris Johnson apresenta plano bilionário para retomada econômica
Inglaterra registra calor recorde e praias lotadas em meio à pandemia

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.