Inglaterra descarta quarentena para retorno de países da lista âmbar

A partir de 19 de julho, residentes do Reino Unido que estejam totalmente vacinados não precisarão fazer quarentena no retorno à Inglaterra em viagens de países que estejam na lista âmbar. A informação foi confirmada pelo Secretário de Transporte, Grant Shapps, nesta quinta-feira (8), durante pronunciamento no Parlamento. 

Os vacinados que chegarem à Inglaterra dos países da lista, terão que apresentar certificado de imunização dos últimos 14 dias, o que pode ser obtido por meio do NHS App ou através de uma carta, também providenciada pelo sistema público de saúde inglês. Menores de 18 anos também não precisarão se isolar. 

Embora não precisem cumprir isolamento, os viajantes imunizados deverão ser testados para Covid-19 três dias antes de retornar à Inglaterra e ainda fazer um teste PCR dois dias após a chegada. O teste no oitavo dia não será mais exigido. As medidas passam a valer a partir das 4h da manhã de segunda-feira (19). 

As novas medidas fazem parte de um plano para a reabertura de viagens internacionais anunciado no mês passado por Shapps. Segundo o secretário, também deve ser retirada, em 19 de julho, a orientação de que as pessoas não devem viajar para países da lista âmbar.

Apesar das novas medidas de flexibilização, a quarentena ainda poderá ser exigida se a situação epidemiológica de um país da lista âmbar piorar, fazendo com que a localidade passe para a lista vermelha.

Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte devem determinar as suas próprias regras de viagens e ainda não anunciaram se vão seguir o mesmo plano adotado pela Inglaterra.

Atualmente, viajantes que retornam à Inglaterra de países da lista âmbar ou da lista vermelha devem se isolar por 10 dias, mesmo que estejam vacinados. O Brasil continua na lista vermelha. Além disso, o Reino Unido ainda não liberou viagens internacionais para turistas.

Casos de Covid-19 continuam aumentando

Apesar do plano de flexibilização do lockdown ter sido anunciado, os registros dos últimos dias mostram um aumento de casos de contaminação por Covid-19 em território britânico. Ontem (7), mais de 32,5 mil pessoas testaram positivo para coronavírus no Reino Unido. Segundo a última atualização, nos últimos sete dias, 2.661 pacientes foram hospitalizados em decorrência do vírus. 

Compartilhar