Portugal mantém abertura a turistas do Brasil até o fim de outubro

O governo português manteve, até 31 de outubro, a abertura para turistas do Brasil. O documento com as regras foi publicado em Diário da República (DRE) na noite desta quinta-feira (30). É a segunda renovação da medida desde a reabertura das fronteiras, no início de setembro.

De acordo com a publicação oficial, não foram alteradas as regras de entrada. Os passageiros que embarcam no Brasil precisam de um teste PCR realizado nas 72 horas antes da viagem ou um teste antígeno com no máximo 48 horas.

Como não existe ainda um acordo fechado sobre as vacinas aplicadas no Brasil, o exame é obrigatório mesmo para os viajantes vacinados no território brasileiro. A exceção, conforme as regras do governo luso, é apenas aos passageiros com certificado de imunização da União Europeia (UE), que é destinado a quem foi vacinado na Europa. A quarentena, desde a reabertura, não é mais obrigatória aos viajantes.

De acordo com as autoridades, as companhias aéreas só devem permitir o embarque mediante apresentação do teste ou certificado. A multa para quem desrespeitar a regra varia de 500 a dois mil euros por viajante. 

Além das medidas da pandemia, os brasileiros passam por fiscalização do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) com as regras para viagens turísticas para o Espaço Schengen. Desde a reabertura das fronteiras, a média de passageiros barrados foi de seis por dia. Neste período, entraram mais de 33 mil viajantes do Brasil.

Compartilhar