Pela 31° vez, Portugal renova proibição de viagem aos turistas do Brasil

Portugal renovou, pela 31° vez, a restrição de viagem aos turistas do Brasil. As regras foram atualizadas pelo governo português nesta sexta-feira (23) em publicação no Diário da República. Com a prorrogação de número 31, passa de 500 o número de dias em que vigora a proibição das viagens não essenciais, afetando milhares de brasileiros.

Além dos residentes legais e com cidadania, os passageiros do Brasil continuam com permissão para entrarem no país luso apenas com um motivo essencial comprovado, como estudo, trabalho ou reunião familiar. As regras são válidas até o dia 8 de agosto.

Apesar de mantida a quarentena aos viajantes autorizados, o governo retirou a obrigatoriedade do isolamento para aqueles que possuem o “Certificado Digital Covid da UE”, seja de vacinação ou de recuperação. A medida é válida, por exemplo, para brasileiros residentes em Portugal que tenham sido vacinados na Europa e que retornam de viagens do Brasil.

O documento oficial não menciona os atestados de outros países que não fazem parte da União Europeia (UE). A única exceção é o Reino Unido, que já tem os certificados aprovados em Portugal há mais de um mês e que isenta os passageiros da quarentena.

Em relação aos países com a situação sanitária considerada controlada e que podem viajar para turismo, nenhuma localidade foi adicionada às autorizações desta quinzena. Por outro lado, Ruanda foi retirada da lista de permissões.

Sem previsão

Apesar da expectativa de muitos brasileiros, as autoridades portuguesas não divulgam nenhuma expectativa de quando as viagens turísticas serão liberadas. Desde o início das restrições, em março de 2020, o país já perdeu mais de 1 milhão de turistas brasileiros, de acordo com dados oficiais.

Em 2019, antes da pandemia, o Brasil foi o país de fora da Europa que teve o maior número de turistas em Portugal, com 1,3 milhões de viajantes. Mesmo com as proibições, os brasileiros seguem tentando entrar no país e são a nacionalidade mais barrada nos aeroportos portugueses.

Compartilhar

2 Comments

Não é possível deixar seu comentário no momento.