Número de turistas brasileiros em Portugal cai quase 80% na pandemia

Em 2019, o Brasil foi o país de fora da Europa com maior número de turistas em Portugal. Foto: Aeroporto de Lisboa / Divulgação

Mais de 1 milhão de brasileiros deixaram de visitar Portugal em 2020, em comparação com o ano de 2019. A chegada de turistas do Brasil diminuiu 78,8% neste período, motivada pela proibição de viagens não essenciais durante a pandemia de Covid-19. As informações são do relatório anual “Estatísticas do Turismo”, divulgado pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) nesta quinta-feira (8).

Em 2019, o Brasil foi o país de fora da Europa que teve o maior número de turistas em Portugal, com 1,3 milhões de viajantes. Em 2020, as chegadas caíram para 284 mil. A redução representa uma perda de 80% nas receitas turísticas de passageiros brasileiros, aponta o levantamento.

Como o país possui um sistema de vistos que permite a imigração através das viagens não essenciais, pela chamada “Manifestação de Interesse”, não há como especificar quantos dos passageiros ficaram no território para residir. Esse tipo de procedimento tem sido utilizada por milhares de brasileiros nos últimos anos, que são a maior nacionalidade estrangeira em Portugal.

A restrição das viagens turísticas foi determinada na segunda quinzena de março de 2020 e vem sendo renovada quinzenalmente desde então. Entre janeiro e abril deste ano, os voos comerciais do Brasil chegaram a ser proibidos, por causa da nova variante do país. As viagens entre os dois países foram retomadas em abril, mas somente para situações essenciais.

Desde maio, com a proximidade da alta temporada, Portugal tem reaberto as fronteiras do turismo gradualmente. No entanto, o Brasil segue proibido. As atuais regras são válidas até o dia 16 de julho e o governo deve atualizar a lista de países autorizados nos próximos dias.

Até agora, não há nenhuma indicação oficial das autoridades portuguesas de que a situação irá mudar para passageiros não essenciais do Brasil, nem mesmo para as pessoas totalmente vacinadas. O controle de imigração é realizado em todos os passageiros e os brasileiros têm sido a nacionalidade mais barrada nos aeroportos portugueses desde 2020.

Compartilhar

2 Comments

Não é possível deixar seu comentário no momento.