Lisboa lança programa para ajudar residentes na compra de bicicletas novas

Fundo do governo de Lisboa vai ajudar a pagar compra de bicicletas novas. Foto: Divulgação

Da redação, em Lisboa

A Câmara de Lisboa anunciou a destinação de € 3 milhões para ajudar os cidadãos na compra de bicicletas novas. O programa tem como objetivo incentivar quem optar por formas alternativas de transporte na volta à normalidade após a pandemia.

O dinheiro será usado para pagar até 50% do valor da bicicleta comprada em lojas parceiras do governo municipal lisboeta. Segundo a Câmara, serão financiadas pelo menos 15 mil bicicletas convencionais, além de um número indefinido de bicicletas elétricas e de carga.

Para acessar a ajuda basta ser residente em Lisboa ou frequentar uma universidade local. O programa já está em vigor. O interessado deve comprar a bicicleta e, posteriormente, pedirá reembolso de parte do valor. Há um limite de reembolso de € 100 para bicicletas convencionais, € 350 para bicicletas elétricas e até € 500 para bicicletas de carga.

Nos últimos 10 anos, a rede de ciclovias da capital portuguesa passou de 7 km para 90 km. O programa de ajuda na compra de bicicletas faz parte de uma iniciativa maior, dentro do guarda-chuvas da iniciativa Lisboa, Capital Verde Europeia, e a previsão é que a rede de vias específicas para bicicletas seja ampliada para 200 km até 2021.

O Fundo de Mobilidade dispõe de € 1,5 milhão para financiar parte das bicicletas convencionais e outros € 1,5 milhão para bicicletas elétricas e de carga. Mais informações no site da Câmara de Lisboa.

Outros países europeus criaram iniciativa semelhante. Na Itália, as vendas de bicicletas dispararam após esse incentivo, segundo mostrou o Agora Europa.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.