Luxemburgo e Itália lideram ranking europeu de carros por habitantes

Luxemburgo e Itália são os países com mais carros por habitantes entre os 27 Estados-Membros da União Europeia (UE), aponta o relatório divulgado na manhã desta quarta-feira (22) pelo Gabinete de Estatísticas da UE (Eurostat, sigla em inglês). A publicação é alusiva ao “Dia Europeu sem Carros”, celebrado hoje.

De acordo com o documento, que analisou dados coletados entre os anos de 2015 e 2019, foram registrados 681 veículos de passageiro para cada mil residentes luxemburgueses. O local lidera o ranking da pesquisa por, pelo menos, 30 anos. Na Itália, que está em segundo lugar, há 663 carros inscritos para cada mil pessoas. Em seguida, na terceira posição, está o Chipre, com 645 veículos.

A pesquisa do gabinete da Comissão Europeia revelou que, no período de cinco anos, houve um ”forte crescimento” do número de carros registrados na maioria dos países que integram o bloco. A Alemanha lidera o ranking, com quase 48 milhões de veículos, seguida pela Itália, com 40 milhões e a França, com 32 milhões.

Os pesquisadores ressaltam que, entre os países listados, os que mais apresentaram aumento de automóveis, foram a Romênia, com um crescimento de 34%, a Lituânia e a Hungria, com 20% e 19%, respectivamente. No território romeno, apesar da subida do número de veículos, foi apontada baixa taxa de motorização, o equivalente a 357 carros a cada mil habitantes. Entre os 27 Estados-Membros, apenas um teve queda no registro de veículos no período observado: a Bulgária, com um percentual de 10,5% menos carros entre os anos de 2015 e 2019.

A Comissão Europeia atualmente encoraja os países integrantes do bloco a aderirem programas de suporte à compra de carros novos, a fim de contribuir com a diminuição da taxa de emissão de gases de efeito estufa. A UE definiu a meta de chegar à emissão zero de carbono até 2050. 

Dia Europeu sem Carros

O Dia Europeu sem Carros é campanha criada na França e adotada pela União Europeia em 2000, que pretende sensibilizar a população europeia para as questões de mobilidade e qualidade de vida.  Tradicionalmente, neste dia, os municípios são encorajados a promover ações para celebrar a data.

Em Portugal, durante o dia de hoje (22), diversas zonas são reservadas à circulação de pedestres, ciclistas e transportes públicos. Na capital alemã, Berlim, a passagem de ônibus é gratuita para determinados trechos. Já na Polônia, o transporte público é liberado para qualquer passageiro nas cidades de Varsóvia e Cracóvia.

Compartilhar